Q

Previsão do tempo

7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C

Conceição Pereira eleita provedora da Santa Casa da Misericórdia das Caldas

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Maria da Conceição Pereira foi eleita como provedora da Santa Casa da Misericórdia das Caldas da Rainha. A eleição com lista única, decorreu na noite de 14 de dezembro. A tomada de posse está marcada para o início de janeiro. Maria da Conceição Pereira, sucede a Lalanda Ribeiro como provedora da Santa Casa da Misericórdia das Caldas da Rainha.
A nova provedora da Santa Casa das Caldas espera que o ano novo traga normalidade à vida de todos

Ao JORNAL DAS CALDAS, a nova provedora deixa um “agradecimento público” a José Luís Lalanda Ribeiro pelo “trabalho desenvolvido”, ao longo das últimas três décadas. “O Dr. Lalanda Ribeiro, infelizmente retirou-se, já foram mais de 30 anos à frente da instituição e foi realmente uma pessoa extraordinária que se dedicou de corpo e alma, e que alargou as valências da Santa Casa e vai ser difícil substitui-lo”, referiu.

Maria da Conceição Pereira, disse que, uma vez que é presidente da Mesa da Assembleia Geral, foi-lhe feito o desafio e aceitou, “criando uma equipa onde manteve alguns elementos, que pertenciam e que achei que também eram importantes pessoas de diferentes áreas”.

A nova provedora, espera “dignificar a primeira instituição de solidariedade social do concelho” que revelou ser também “a instituição com maior número de valências”. “Tem o Lar da Infância e Juventude, O Centro de Acolhimento Temporário, Jardim de Infância, Lar, SAD Serviço de Apoio ao Domicílio, Centro de Recursos Comunitário, CLDS 3G | Ponto de Ajuda 3, CAT, entre outros”, o que é para Maria da Conceição Pereira uma grande “responsabilidade”.

Maria da Conceição Pereira é a primeira mulher a desempenhar as funções de provedora da Misericórdia das Caldas. “Na maioria dos casos, são homens que estão à frente, mas por vezes a história rescreve-se, e acho que é um desafio”, apontou.

Segundo a nova provedora, há muito para fazer, quer na “sustentabilidade económica”, quer na ligação com a “sociedade civil caldense, no sentido de abrir ainda mais a casa, depois de passar estes tempos mais difíceis provocados pela pandemia”.

Assim sendo, a nova direção, pretende criar as condições para que “esta casa seja sustentável”.

Para Maria da Conceição Pereira, um dos maiores desafios centra-se na preocupação com a evolução da pandemia na população idosa. “Estamos atentos, e esperemos que a vacina venha ajudar a minimizar”, salientou. Lembrou, que em termos de custos tem sido pesado, com a aquisição de equipamentos de proteção contra a Covid19. “Embora a autarquia esteja a ajudar, com e entrega de algum material, há sempre despesas com a aquisição de gel desinfetante e outro equipamento necessário para os funcionários e utentes”, referiu.

A nova responsável, espera que o ano de “2021 traga esperança e normalidade à vida de todos”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Morreu na cama

Os bombeiros das Caldas da Rainha tiveram na manhã da passada sexta-feira de forçar a entrada numa habitação na aldeia do Chão da Parada para tentar socorrer uma mulher de 55 anos que vieram a encontrar deitada na cama em paragem cardiorrespiratória, na sequência de doença súbita.

Icónico edifício da Secla vai ser reabilitado

Depois de vários anos ao abandono e já em estado de degradação, o edifício icónico sede da Secla, nas Caldas da Rainha, vai finalmente ser totalmente reabilitado e valorizado.

secla