Q

Previsão do tempo

15° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 18° C
  • Friday 21° C
16° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C
16° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 24° C

Condenada por tentar matar o filho com pena reduzida em sete anos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Tribunal da Relação de Lisboa reduziu a pena aplicada em julho à mulher que no ano passado foi detida depois de ter procurado envenenar e afogar o filho de sete anos. A condenação de dezassete anos de prisão por sete crimes de homicídio qualificado na forma tentada, decidida pelo Tribunal de Lisboa, passou agora para dez anos.

Patrícia Ribeiro tinha também sido condenada a pagar uma indemnização de 300 mil euros ao filho e 25 mil euros ao pai da criança, bombeiro da corporação de Óbidos de quem estava separada. Agora o Tribunal da Relação absolveu-a de pagar a indemnização ao ex-marido e reduziu para 100 mil euros a compensação ao filho.

Segundo o jornal Correio da Manhã, os desembargadores defendem que a pena de dezassete anos é “algo exagerada” e que o tribunal ignorou o quadro psicopatológico da arguida, que sofre de Síndrome de Münchausen por Procuração, caraterizado por alguém que tenta fazer mal a outro, neste caso a uma criança, para chamar a atenção sobre si próprio.

Para os juízes, a pena de dez anos “representa já um castigo severo para uma mulher próximo dos 30 anos”.

A mulher foi detida quando tinha 27 anos, numa altura em que trabalhava numa empresa de mergulho em Peniche, depois de ter sido bombeira em situação de reserva na corporação de Óbidos.

A arguida admitiu que pretendia captar a atenção da família. Foi crucial o testemunho do filho mas também a vigilância montada no hospital D. Estefânia, em Lisboa, onde foi detetada a administrar clorofórmio à criança, quando esta estava internada após outros episódios de envenenamento.

Embora tenha alegado não se recordar desses atos nem de ter empurrado o filho para um tanque de água com três metros de profundidade, Patrícia Ribeiro declarou que após ter sido submetida a terapia é que tomou consciência do mal que cometeu.

O menino, atualmente com oito anos, sofreu mazelas de saúde que poderão acompanhá-lo para o resto da vida.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

A Ferro & Fogo

A Ferro & Fogo é um evento gastronómico, anual, produzido pela Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste em conjunto com os alunos e chefes dos cursos de Gestão de Turismo, Gestão e Produção de Cozinha  e Gestão e Produção de Pastelaria.

ferro

António Moura vence Half-Ironman

No passado sábado realizou-se em Caminha o Campeonato Nacional Individual na distância Half-Ironman. Debaixo de condições climáticas adversas, devido à temperatura da água e ambiental, vento e chuva durante grande parte da prova, obrigando alguns atletas a optarem por abandonar a prova, esteve presente o atleta caldense António Moura, em representação do clube Vitória de Janes.

moura 1

Pelicanos no Tapada Rugby Festival

A formação do Caldas Rugby Clube esteve presente em mais um convívio/Torneio de Rugby Juvenil, sendo a sexta participação esta época desportiva. Desta vez os jovens pelicanos deslocaram-se à Tapada da Ajuda, casa do Agronomia Rugby, para competirem no já tradicional Tapada Rugby Festival.

rugby