Q

Previsão do tempo

11° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 15° C
12° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 15° C
11° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 15° C

Arranjo urbanístico junto ao obelisco “Leonor” de Ferreira da Silva

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Município das Caldas realizou um arranjo urbanístico junto à peça escultórica de Ferreira da Silva – Obelisco “Leonor” –, em frente à Expoeste (Beco Pedro Vaz de Caminha). O espaço verde circundante foi requalificado e foi instalado um sistema de iluminação que valoriza não só a peça do artista, como também o painel de azulejo, na parede da piscina Raúl Proença, também da autoria de Ferreira da Silva. Para assinalar a ligação da nova iluminação do obelisco e do mural (intitulado “A Ciência e a Arte”), a Câmara das Caldas da Rainha promoveu um encontro com alguns autarcas e a comunicação social, ao final da tarde de 5 de dezembro.
O Município das Caldas realizou um arranjo urbanístico junto à peça escultórica de Ferreira da Silva

A área de intervenção foi cerca de 500 metros quadrados e contemplou a plantação de relva e a colocação de um tapete da empresa PneuGreen (Pavimentos em borracha reciclada), que representa 210 pneus reciclados.

Foi ainda colocada junto à peça escultórica de Ferreira da Silva uma placa informativa da obra, com frases do próprio artista.

A reabilitação do Beco Pedro Vaz de Caminha, em Santo Onofre, “permitiu a criação e valorização de um novo espaço urbano e da peça escultórica obelisco “Leonor” e do painel de azulejo na fachada da piscina Raúl Proença, ambos da autoria de Ferreira da Silva”, disse o presidente da Câmara das Caldas.

Tinta Ferreira realçou a “reabilitação do espaço verde, que agora tem outras condições com novas árvores e o pavimento reciclado, com a vantagem de termos contribuído para preservação do ambiente”.

“Quisemos tornar este espaço mais atrativo e agradável”, adiantou o presidente da Câmara, elogiando “a obra fantástica” que Ferreira da Silva deixou no concelho. “Este monumento ‘pulsa’ mais com esta intervenção”, declarou.

Realçou ainda a importância de ter mais um espaço emblemático para os “residentes e para pessoas que entram nas Caldas por esta via”.

O presidente da autarquia referiu que a ideia é para replicar pelos outros espaços com obras de Ferreira da Silva.

Tinta Ferreira salientou que não podem fazer este tipo de intervenção no Jardim de Água, a obra de Ferreira da Silva situada atrás do Chafariz das Cinco Bicas, porque é propriedade do Centro Hospitalar do Oeste (CHO). “Não é propriedade do município, mas a câmara já se disponibilizou no passado para dar o seu contributo de valorização desse espaço”, referiu.

O autarca adiantou que “está em curso a assinatura do protocolo de colaboração e parceria com o CHO e que contempla a contribuição do município para que esse espaço seja valorizado”. No entanto, o presidente da autarquia disse que apesar da administração do CHO demonstrar vontade, tem que criar “um conjunto de passos para que esse trabalho possa ocorrer”.

Beco é um dos acessos à escola Raul Proença

Nesta ocasião, o vereador Pedro Raposo, responsável pelo pelouro dos espaços verdes, salientou que este beco é um dos acessos à escola secundária Raul Proença, tendo sido colocado pavimento reciclado pela empresa Pneugreen, e que a nova iluminação do obelisco também vem embelezar uma das entradas da cidade.

Este projeto faz “uma ligação entre espaços verdes, mobilidade, conforto de quem vive aqui e a arte”, afirmou Pedro Raposo.

Também o presidente da União de Freguesias das Caldas da Rainha – Santo Onofre e Serra do Bouro, sublinhou essa ligação, reforçando ainda o facto deste obelisco estar em frente à paragem da Rodoviária, sendo por isso uma “porta” privilegiada de entrada ao concelho. “Quem vem de Lisboa de autocarro e sai nesta paragem, é recebido este obelisco dedicado à Rainha D. Leonor”, disse Jorge Varela.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Venda de Natal da Liga dos Amigos do Centro Hospitalar

Têxteis, artesanato, cerâmica, livros, artigos de bebé e louça são alguns dos produtos disponíveis na Venda de Natal que a Liga dos Amigos do Centro Hospitalar das Caldas da Rainha realiza de 1 a 23 de dezembro num espaço na Praça da Fruta (ao lado da loja da Vodafone). 

109796 venda natal 1jpg

Sede do Olha-Te encheu para o lançamento do livro “O Pica – Pau da Lagoa de Óbidos”

A sede do Olha-Te, nas Caldas da Rainha, encheu para o lançamento do livro infantil “O Pica – Pau da Lagoa de Óbidos”, de Ina Vasques.  Foi com o apoio de familiares, entidades, autarcas e muitos amigos que a autora apresentou o seu primeiro livro para crianças com idades entre os 3 e os 6 anos e que ensina posições de yoga que “vão ajudar a atingir o equilíbrio físico e emocional”.

ina