Q

Previsão do tempo

7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C

PJ investiga morte de idoso

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um homem de 75 anos foi encontrado morto, com as mãos e os pés amarrados com cordas e um saco de plástico na cabeça para o sufocar, nesta terça-feira no pátio da sua habitação, em Fervença, freguesia de Maiorga, no concelho de Alcobaça.

O corpo apresentava marcas de agressão e indícios de que se terá tratado de um homicídio.

A vítima foi descoberta por uma prima que vive perto da casa onde o homem morava sozinho. A familiar ao passar pela vivenda estranhou ver o portão entreaberto. Como há um muro alto foi até ao interior para perceber onde estava o setuagenário e acabou por deparar-se com um cenário macabro: o homem encontrava-se caído no chão, à porta da residência.

Saiu para pedir socorro e como na altura – cerca das quatro e meia da tarde – circulava na estrada em frente à casa uma ambulância de transporte de doentes dos bombeiros voluntários do Juncal, foi logo dado o alerta às autoridades.

A GNR de Alcobaça compareceu e ao apurar a forte possibilidade de crime não hesitou em contactar logo a Polícia Judiciária, entidade competente para a averiguação deste tipo de casos.

Uma equipa do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ analisou o corpo e recolheu indícios na residência da vítima, que segundo apurámos, se encontrava remexida, como se tivesse sido alvo de um assalto.

Cerca das 20 horas o corpo do homem foi transportado pelos bombeiros de Alcobaça para o Instituto de Medicina Legal de Leiria, onde será autopsiado, o que deverá ajudar a esclarecer as circunstâncias da morte.

Há também outro mistério por desvendar. É que na casa estavam habitualmente cinco cães, que terão desaparecido sem deixar rasto. A prima não os viu nem ouviu, o que lhe causou igualmente estranheza.

A população da aldeia está chocada com o crime.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Morreu na cama

Os bombeiros das Caldas da Rainha tiveram na manhã da passada sexta-feira de forçar a entrada numa habitação na aldeia do Chão da Parada para tentar socorrer uma mulher de 55 anos que vieram a encontrar deitada na cama em paragem cardiorrespiratória, na sequência de doença súbita.

Colisões rodoviárias provocam dois mortos

Uma mulher de 76 anos morreu e dois homens, de 35 e 80 anos, sofreram ferimentos graves, tendo sido transportados para o hospital de Leiria, na sequência de uma colisão entre dois carros, na EN242, entre Nazaré e Pataias, junto ao cruzamento de Fanhais, na tarde...

pataias