Q

Previsão do tempo

7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
7° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C

Um presépio no Parque D. Carlos I feito com madeira da Mata

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Junto à Casa dos Barcos do Parque D. Carlos I foi inaugurado no passado sábado um presépio em Land Arte. São 28 peças que enfeitam o parque, feitas a partir da madeira da Mata Rainha D. Leonor.
O presépio em Land Arte está em exposição junto à Casa dos Barcos

Por convite da União das Freguesias de Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório, o presépio foi feito pelos artistas Rita Teresa, Paulo Neves, Sónia e Uli Wendl. “Estamos a trabalhar neste projeto há cerca de um mês e são peças que fizemos pela primeira vez”, explicou ao JORNAL DAS CALDAS Rita Teresa, acrescentando que “durante o dia dá para ver o efeito das luzes e sombras”.

No dia da inauguração foi projetada uma performance composta por um pequeno filme dos momentos em que os artistas tiveram a trabalhar as madeiras.

O presidente da União das Freguesias, Vítor Marques, destacou a “beleza” do presépio “feito com madeira da Mata, um conceito que tem como principal caraterística a utilização de recursos provenientes da própria natureza para o desenvolvimento do produto artístico”.

“Nós não pagámos o trabalho, mas demos o contributo para algumas das despesas e é de louvar o espírito que eles têm em fazer estes trabalhos”, sublinhou o autarca.

A União de Freguesias vai espalhar pela cidade no início de dezembro vinte mupis alusivos ao natal, feitos por alunos da Escola Superior de Artes e Design (ESAD.CR).

Há ainda o lançamento de um concurso para os alunos da ESAD.CR, para a criação de uma peça de arte a colocar no jardim da Urbanização Sol Nascente.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Morreu na cama

Os bombeiros das Caldas da Rainha tiveram na manhã da passada sexta-feira de forçar a entrada numa habitação na aldeia do Chão da Parada para tentar socorrer uma mulher de 55 anos que vieram a encontrar deitada na cama em paragem cardiorrespiratória, na sequência de doença súbita.

Icónico edifício da Secla vai ser reabilitado

Depois de vários anos ao abandono e já em estado de degradação, o edifício icónico sede da Secla, nas Caldas da Rainha, vai finalmente ser totalmente reabilitado e valorizado.

secla