Q

Previsão do tempo

14° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
14° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
14° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 13° C

Algas sem mau cheiro

Comissão Cívica de Proteção das Linhas de Água e Ambiente

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Entre os dias 9 e 13 de novembro, a Comissão Cívica de Proteção das Linhas de água e Ambiente de Caldas da Rainha assistiu à extração e condução de várias toneladas de algas verdes e limo morto em S. Martinho do Porto, destinadas a fertilização de vários terrenos.

Porto, destinadas a fertilização de vários terrenos.

As referidas algas e limos já estavam em avançado estado de putrefação (podres) e nem por isso, deitavam qualquer mau cheiro, antes pelo contrário, quando transportados pelos tratores, ainda deixavam o excelente cheiro a maresia do mar.

Este comunicado foi feito para aqueles que eventualmente ainda tenham algumas dúvidas, sobre a opinião da comissão aquando do cheiro nauseabundo na Lagoa da Foz do Arelho, como prova clara em como esse cheiro, não pode ser atribuído às algas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

O Trump francês

Éric Zemmour é filho de judeus franceses argelinos, designa-se judeu berbere, tem um nome afrancesado — azemmur significa azeitona em cabila, a língua berbere da Argélia — e defende que os imigrantes devem afrancesar os nomes dos filhos. Acha inconcebível que um neto de imigrantes continue a chamar-se Mohammed. Diplomado pelo Instituto de Estudos Políticos de Paris (vulgo Sciences Po), jornalista, político, escritor, ensaísta, polemista, cronista…

Dois médicos vão reforçar Unidade de Saúde Familiar

Foi concedido um regime de exceção para a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) contratar mais dois médicos avençados para ajudar a resolver a atual fraca resposta da Unidade de Saúde Familiar do Bombarral.

usf

Morreu na cama

Os bombeiros das Caldas da Rainha tiveram na manhã da passada sexta-feira de forçar a entrada numa habitação na aldeia do Chão da Parada para tentar socorrer uma mulher de 55 anos que vieram a encontrar deitada na cama em paragem cardiorrespiratória, na sequência de doença súbita.