Q

Previsão do tempo

15° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
15° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
15° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C

Fica em liberdade após carjacking a idosos

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um homem que fez um carjacking em que ameaçou de morte uma idosa nas Caldas da Rainha foi deixado em liberdade pelo tribunal enquanto aguarda julgamento.
Apoderou-se de carro estacionado junto à Câmara das Caldas (foto ilustrativa Tim Gouw/Pexels)

O Tribunal de Leiria tratou-o no início do processo como crime de furto de veículo, o que não impede que possa agravar a qualificação jurídica. O suspeito, de 42 anos, para já, tem apenas que se apresentar num posto policial da área de residência, na zona de Setúbal.

O caso passou-se no dia 2, pelas 14h30, nas Caldas da Rainha, com um casal de idosos, um homem de 79 anos e uma mulher de 80 anos. O idoso tinha ido renovar a carta de condução na Loja do Cidadão, no edifício dos Paços do Concelho, em frente ao qual o veículo estava estacionado, com a mulher no interior. Já o suspeito tinha saído do tribunal, próximo do local, depois de terminada uma sessão em que foi presente por furto de artigos num supermercado do Bombarral.

O larápio apercebeu-se que a chave estava na ignição e entrou no carro, num momento de grande tensão para a idosa, que foi ameaçada pelo indivíduo que se não se calasse era morta.

Ainda dentro do veículo a mulher conseguiu telefonar para o marido, que durante segundos ouviu a aflição que ela estava a passar, sem, contudo, terem possibilidade de comunicar.

Passadas duas centenas de metros, o indivíduo deixou a idosa sair do carro e pôs-se em fuga.

Meia hora depois foi intercetado pelo Destacamento de Trânsito de Torres Vedras da GNR, na A8, nas portagens do Ramalhal.

Segundo o comando territorial de Lisboa da GNR, o suspeito, com antecedentes criminais por crimes contra a propriedade, foi presente ao Tribunal de Leiria e condenado a oito meses de prisão com pena suspensa, pelo furto em estabelecimento comercial. Pelo crime de furto de veículo foi-lhe decretada a medida de coação de apresentações diárias em posto policial da área de residência enquanto aguarda o julgamento, caso o Ministério Público entenda não haver razão para alteração.

Tinha furtado artigos em supermercado

O meliante tinha furtado vinho, uísque, cápsulas de café e queijo, no valor de 482 euros, de um supermercado no Bombarral, no dia 1, e foi detido pela GNR, que efetuava uma ação de patrulhamento e detetou o indivíduo a circular na via pública com um carrinho de compras, junto às imediações do estabelecimento comercial, de onde conseguira sair pela porta de entrada, sem que fosse ativado o sinal de alarme.

Ao ser abordado pelos militares, o suspeito demonstrou nervosismo, referindo que aguardava por um conhecido para o transportar até à sua residência. Após diligências policiais, apurou-se que o indivíduo tinha furtado os produtos de que se fazia acompanhar, culminando na sua detenção.

Os artigos foram devolvidos ao supermercado e foi elaborado um auto de contraordenação por consumo de estupefacientes, por ter na sua posse uma dose de haxixe.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Arneirense com várias medalhas em pista coberta

A equipa feminina do Arneirense é campeã distrital e a masculina é vice-campeã distrital em sub18 pista coberta, após a última jornada do campeonato, que decorreu na passada quarta-feira e na qual a Escola de Atletismo do clube das Caldas da Rainha esteve presente com dez atletas.

arneirense

Indiciado de violência sobre a esposa permanece em liberdade

Um homem de 58 anos, do Bombarral, que está indiciado da prática do crime de violência doméstica agravado sobre a sua esposa, ficou em liberdade a aguardar o desenvolvimento do processo judicial, depois de no passado dia 14 ter sido presente a um juiz de instrução criminal.

violencia

Suspeitos de fraude com comércio de automóveis em prisão preventiva

O Ministério Público da 1ª Secção das Caldas da Rainha do Departamento de Investigação e Ação Penal da Comarca de Leiria apresentou a primeiro interrogatório judicial, no dia 13 de janeiro, o gerente e o contabilista de várias sociedades comerciais que foram detidos no âmbito de um esquema fraudulento relacionado com o comércio de automóveis, ficando a aguardar o desenrolar do processo sujeitos à medida de coação de prisão preventiva.

fraude