Q

Previsão do tempo

7° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 11° C
7° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 12° C
6° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 11° C

Castanha em destaque na terceira sessão do projeto “Sustentabilidade à Mesa”

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os alunos da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO), nas Caldas da Rainha, apresentaram a castanha no almoço temático “Sustentabilidade à Mesa”, na passada quinta-feira. Trata-se de um projeto que pretende valorizar os produtos regionais e evitar os resíduos.
A castanha esteve presente em todos os pratos apresentados durante o almoço

A castanha foi a iguaria em destaque na terceira sessão do projeto “Sustentabilidade à Mesa”. Esta iguaria esteve presente em todos os pratos que foram apresentados durante o almoço.

Foi uma iniciativa mobilizadora da produção de castanha e produtos confecionados com base neste fruto.

A entrada foi croquete de castanha, compota de abóbora e bacon em pó seguido de sopa de castanha com crocante de sementes. Robalo escalfado em água do mar com escamas de castanha e ratatouille foi o prato de peixe. Queixadas de porco com castanha foi o prato de carne e para a sobremesa foi servido um mil folhas de castanha, molho de chocolate e café.

À mesa esteve Luís Correia, produtor de castanha natural da Guarda, que vai desenvolver um projeto ao abrigo do Programa Ativa-te, no Espaço Ó em Óbidos, intitulado “aGuardada”.

Com 39 anos, é enfermeiro e residente em Óbidos, mas sendo um apaixonado pela agricultura ligou-se à produção da castanha em terrenos de família na Guarda. Uma das suas missões, para além de defender o valor da castanha e do castanheiro, é promover a sustentabilidade. Luís Correia deu uma verdadeira aula sobre a castanha, onde explicou aos alunos da EHTO algumas das variedades de castanha que produz, como Martaínha, Judia e Longal.

Presente esteve também Ricardo Duque, presidente do Espaço Ó, que disse ao JORNAL DAS CALDAS que “aGuardada” é um projeto desenvolvido no âmbito do programa municipal Ativa-te e pretende “sobretudo valorizar a castanha e desenvolver pela além da oficina também um conjunto de produtos que serão transformados numa ótica da valorização deste fruto”.

Através deste novo projeto, Luís Correia vai dar “um pouco de literacia em cultura da castanha”.

Apesar de não poder estar presente, fez-se representar com os seus produtos a empresa do Alto Alentejo “Terrius”, que tem como missão a valorização dos produtos locais. Recorre a processos de transformação simples dos produtos silvestres, dos frutos e dos hortícolas com a desidratação, a moagem e a elaboração de conservas naturais. Para este almoço temático a “Terrius” colaborou com a sua farinha da castanha e a castanha pilada de Marvão. Com estes produtos dá para fazer puré de castanha para acompanhar pratos de carne, para sobremesas e bolos, panados, pão ou sopas.

O restaurante pedagógico abre portas às quintas-feiras, por reserva, e na próxima quinta-feira não haverá o almoço temático porque os alunos irão a uma visita de estudo. O projeto voltará a 19 de novembro e o produto realçado será a maçã, numa ementa confecionada pelos alunos. Neste dia a EHTO irá também comemorar o seu 14º aniversário.

Tendo em conta as contingências provocadas pela pandemia, o restaurante Ferreira da Silva tem capacidade para 15 lugares, ao invés dos 40 anteriores.

Aluno da EHTO faz pasta com azeitonas da sua quinta

O aluno do 3º ano de técnicas de serviço de restauração e bebidas, Hugo Esteves, deu um exemplo de sustentabilidade à mesa e fez para o almoço temático uma pasta de azeitona.

Reside em Peniche, mas a sua família tem uma quinta no Fundão com oliveiras, onde produzem a azeitona. “Produzimos três tipos de azeitona e em cada colheita trazemos cerca de 30 quilos para a nossa casa em Peniche, e aproveitamos para fazer azeite e pasta de azeitona”, contou.

Com o objetivo de não desperdiçar o produto decidiu elaborar uma pasta de azeitona feita com o produto da quinta da sua família.

O paté foi elogiado pelas pessoas presentes no almoço.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Inês Belbute com medalha de bronze na marcha

Inês Belbute, atleta da Escola de Atletismo do Arneirense, das Caldas da Rainha, alcançou o 3° lugar no Campeonato Nacional de Marcha em Estrada, realizado em Porto de Mós, com a marca de 29 minutos e 42 segundos.

atleta

Gaeirense com vitória caseira no futsal

O Gaeirense arrancou com uma goleada a fase de manutenção/descida do Campeonato Nacional da III Divisão de Futsal, série 6. Vitória caseira por 5-1, diante da Casa do Benfica da Golegã.

Nova loja de produtos para animais de estimação

A Goldpet - Produtos para animais de estimação, Lda abriu uma loja nas Caldas da Rainha, estando o evento formal de inauguração marcado para sábado, a partir das 10h00.

goldpet2