Q

Previsão do tempo

14° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
14° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
14° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 13° C

João Almeida a quatro etapas de ganhar a Volta a Itália

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Ao fim de 15 dias vestido de rosa, João Almeida está muito perto de conquistar a Volta a Itália.
João Almeida de olho no troféu da vitória

Hoje, numa etapa de alta montanha, o ciclista caldense esteve, mais uma vez, imperial.

Ben O’ Connor (NTT) venceu esta quarta-feira a 17.ª etapa da Volta a Itália, 203 quilómetros entre Bassano del Grapa e o alto de Madonna del Campiglio, em 5h50.59.

O australiano Jay Hindley (Sunweb), terceiro da geral, deu um puxão a cinco quilómetros do fim, com o companheiro de equipa e segundo classificado, o holandês Wilco Kelderman atrás, mas João Almeida foi atrás recuperar, e a chegada foi compacta, sem alteração de tempos entre os principais favoritos.

João Almeida mantém os 17 segundos de vantagem sobre Wilco Kelderman e 2m58 sobre Jay Hindley, grande rival do português na geral da juventude. Segue-se Tao Geoghegan Hart (Ineos Grenadiers), a 2m59s. Todos os restantes distam mais de 3 minutos do novo ídolo de Portugal.

O outro português em destaque, Rúben Guerreiro, integrou uma fuga ganhando pontos para a camisola azul, de liderança da montanha, que recuperou de Giovanni Visconti, que não entrou na fuga. Guerreiro tem 198 pontos, enquanto Visconti soma os mesmos 148.

Das quatro etapas em falta, duas são de alta montanha e uma é um contrarrelógio individual.

A 18.ª etapa, já nesta quinta-feira, terá 207 quilómetros, dos quais 56,6 serão escalando as quatro contagens de montanha da viagem que liga Pinzolo à primeira categoria colocada em Laghi di Cancano. A tirada começa logo a subir, para a segunda categoria do Campo Carlo Magno, seguindo-se a primeira categoria de Hofmandjoch.

O pior fica guardado para depois. A subida de categoria especial do Stelvio tem uma extensão de 24,8 quilómetros, uma inclinação média de 7,4 por cento até serem atingidos mais de 2700 metros de altitude.

Por fim, a escalada para a meta tem 9 quilómetros e uma pendente média de 6,9 por cento, para serem alcançados mais de 1900 metros de altitude.

A 19.ª etapa, teoricamente, será de tréguas na luta pela camisola rosa. Sem qualquer contagem de montanha, parece ser favorável aos sprinters. A distância, nesta altura do Giro, é que já será do agrado de poucos: 258 quilómetros, entre Morbegno e Asti.

A penúltima etapa, entre Alba e Sestriere, foi amputada das subidas do Colle ddell’Agnello e do Col de l’Izoard. Em contrapartida, os corredores irão enfrentar três escaladas a Sesteiere. A tirada, que se previa com um acumulado superior a 5300 metros, ficar-se-á pelos 4000 metros.

Neste dia ficará também decidida a classificação da montanha, aquela em que outro português tem brilhado. A quatro jornadas do fim da competição, Rúben Guerreiro (EF Education First), já vencedor de uma etapa, veste a camisola azul, de rei dos trepadores, com 50 pontos de vantagem sobre Giovanni Visconti (Vini Zabu-KTM).

A Volta a Itália termina no próximo domingo, com um contrarrelógio individual de 15,7 quilómetros, entre Cernusco di Naviglio e Milão. Tendo em conta os dois exercícios individuais já disputados neste Giro, João Almeida tem vantagem sobre os adversários diretos neste encerramento da corrida.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Dois médicos vão reforçar Unidade de Saúde Familiar

Foi concedido um regime de exceção para a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) contratar mais dois médicos avençados para ajudar a resolver a atual fraca resposta da Unidade de Saúde Familiar do Bombarral.

usf

Morreu na cama

Os bombeiros das Caldas da Rainha tiveram na manhã da passada sexta-feira de forçar a entrada numa habitação na aldeia do Chão da Parada para tentar socorrer uma mulher de 55 anos que vieram a encontrar deitada na cama em paragem cardiorrespiratória, na sequência de doença súbita.

Mural homenageia a mulher da Nazaré

Está a nascer um novo mural dedicado à mulher nazarena e ao seu papel em diferentes áreas na sociedade local ao longo de décadas.

mural