Q

Previsão do tempo

20° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 20° C
20° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 21° C
20° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 22° C

Escola Segura solicitada para travar aglomerações de alunos

20 de Outubro, 2020
A direção do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha, garantiu estar a cumprir as normas estipuladas pelo Ministério da Educação para evitar a propagação da Covid-19, apontando que no exterior do estabelecimento de ensino cabe à PSP/Escola Segura efetuar uma vigilância para impedir concentrações de alunos.
Concentração de alunos no exterior da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro

Respondendo a José Lucas, encarregado de educação que se queixou das aglomerações à porta da escola, a diretora Maria do Céu Santos transmitiu que “estamos a cumprir o estipulado pelo Ministério da Educação. Temos o nosso plano de contingência e os procedimentos da aula de Educação Física estão dentro das orientações superiores”.

Relativamente ao exterior da escola, relatou que já foram enviadas para a PSP/Escola Segura fotos remetidas pelo encarregado de educação ilustrativas da concentração de alunos. “Esperamos que haja ação por parte da entidade policial”, manifestou a diretora.

José Lucas considera tratar-se de “um problema de saúde pública e de contínua violação da lei, em termos de pandemia”, tendo enviado fotos “do que se passa todos os dias, às 13h20, na Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro”.

O encarregado de educação considera que “existem soluções internas”, como por exemplo não deixar ninguém sair do estabelecimento enquanto houve aglomeração no exterior.

A situação também já se verificou na Escola Secundária Raul Proença e no início das aulas na Escola D. João II, tendo sido resolvida, segundo as direções dos estabelecimentos.

Aluno infetado

Um aluno do 12º ano de Ciências e Tecnologias da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro acusou Covid-19, levando no início desta semana a turma, com mais de duas dezenas de estudantes, a ficar em casa em isolamento profilático até passar cerca de uma semana, altura em que deverão ser submetidos ao teste de deteção do vírus, revelou o delegado de saúde, Jorge Nunes.

A situação foi comunicada pela direção escolar aos encarregados de educação.

Os professores não foram considerados “casos de risco”, pelo que não farão o teste.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Protocolo apoia estudantes de Moçambique

A Câmara Municipal das Caldas da Rainha, o Politécnico de Leiria (IPL) e o Instituto de Bolsas de Moçambique assinaram, no passado sábado, um protocolo de cooperação que vai apoiar quatro estudantes de Moçambique que ingressem nos cursos Técnicos Superiores Profissionais ministrados pelo IPL.

protocolo

Carlota Canas Franca campeã em Alcobaça

Decorreu no Clube de Ténis de Alcobaça mais uma edição do torneio "Os Caloiros", prova oficial da Federação Portuguesa de Ténis destinada aos escalões de Sub12 e Sub16.

tenis 1

Caldas Rugby Clube mantém invencibilidade

Em jogo da 3ª jornada do campeonato nacional - Fase Apuramento Zona Sul, o Caldas Rugby Clube deslocou-se ao sintético do GD Direito, em Monsanto, para defrontar o ER Galiza, com bastante público afeto às duas equipas.

rugby 1