Q

Previsão do tempo

16° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 20° C
  • Monday 19° C
16° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 20° C
  • Monday 19° C
17° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 20° C

Vereadores do PS contra lar no antigo Externato Ramalho Ortigão

Francisco Gomes
22 de Setembro, 2020
O antigo edifício do Colégio Ramalho Ortigão, nas Caldas da Rainha, vai acolher Lar Residencial para Pessoas com Deficiência Profunda na nossa cidade, mas os vereadores do PS não concordam com a alteração do uso do edifício que foi durante muitos anos o Externato Ramalho Ortigão e mais tarde a Escola Superior de Biotecnologia (Polo da Universidade Católica).
O antigo edifício do Colégio Ramalho Ortigão vai acolher Lar Residencial para Pessoas com Deficiência Profunda

Afirmando nada ter contra a instalação de um estabelecimento de apoio social, vincaram, no entanto, que se trata de “um edifício com uma longa história ligada ao ensino, de 1960 a 2011, com uma fortíssima ligação sentimental à nossa cidade, em especial para as centenas de caldenses e mesmo de outros concelhos vizinhos que ali estudaram e que ainda hoje se reúnem para celebrar a sua frequência daquele espaço com todas as histórias marcantes de vida a ela ligadas, numa altura em que não existiam escolas públicas na actual sub-região do Oeste para dar resposta às solicitações das famílias que pretendiam que os seus filhos frequentassem o ensino liceal da época, adquirindo habilitações para entrar no ensino superior”.

Por outro lado, recordam que “foi feito um investimento de cerca de um milhão de euros para a adaptação daquele edifício à instalação do Polo da Universidade Católica, em parte comparticipado pela Câmara Municipal, além de outras comparticipações financeiras que o Município proporcionou para assegurar o funcionamento desse Polo, e que, com a aprovação desta nova alteração àquelas instalações o transfigura para um uso completamente distinto, desaproveitando o dinheiro que a Câmara ali investiu para o funcionamento de um estabelecimento de ensino”.

Luís Patacho e Jaime Neto lamentam por isso que a Câmara “não consiga um entendimento com o Patriarcado de Lisboa com o objetivo de acolher esta iniciativa de instalação de um lar residencial para pessoas com deficiência profunda noutro local mais apropriado, com um ambiente envolvente mais bucólico e sossegado, preservando este edifício para um investimento futuro na vocação educacional que esteve na sua origem”.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Isabel Ricardo apresenta livros infanto-juvenis

A escritora Isabel Ricardo, com vários livros publicados para crianças, jovens e adultos, vai estar nas Caldas da Rainha, nos dias 28, 29 e 30 de outubro, a fim de apresentar os seus recentes livros: O Dragão Trapalhão, destinado a crianças entre os 6 e os 8 anos, e Os Piratas da Falésia, da coleção Os Aventureiros, dirigido a um público entre 9 e os 12 anos.

isabel

Mobiliário hospitalar renovado

Com o intuito de prestar melhores cuidados aos utentes e de proporcionar melhores condições aos profissionais, o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) adquiriu 40 camas elétricas e 130 mesas de cabeceira e leito, traduzindo-se num investimento de 106.177,04 euros.

mobiliario