Q

Previsão do tempo

20° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 22° C
21° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 23° C
22° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C

Montagem das barracas na Praça prejudicada por atrasos de pagamento

Rui Miguel

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O atraso da Câmara das Caldas no pagamento da prestação de serviços à empresa responsável pela montagem das barracas dos vendedores na Praça da Fruta levou, na manhã de 16 de setembro, que vários comerciantes ficassem a trabalhar sem as estruturas habituais.
Vendedores ficaram a trabalhar com as barracas por montar

A situação deveu-se a formalidades no pagamento, que levaram a autarquia a não transferir a verba para a empresa, que por sua vez não pagou aos funcionários, fazendo com que estes tomassem uma medida de desagrado, chegando mais tarde à Praça para a montagem.

Como alguns vendedores já estavam a trabalhar nas bancas, boa parte ficou sem as barracas montadas.

A autarquia anunciou na altura que ia regularizar a situação, de forma a evitar mais incómodos, o que já não se verificou nos dias seguintes.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

vigilia2