Q

Previsão do tempo

20° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 22° C
20° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 23° C
20° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 24° C

Candidaturas abertas para a Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste

8 de Julho, 2020
Até ao dia 15 de julho estão abertas as candidaturas para a 1.ª fase, às Escolas do Turismo de Portugal, através de um processo exclusivamente online e gratuito para alunos nacionais e estrangeiros.
O curso de Turismo de Saúde e Bem-Estar e curso de Gestão de Restauração e Bebidas são novidades na EHTO

Cozinha, Pastelaria, Restauração e Bebidas, Turismo de Natureza e Aventura, Turismo Cultural e do Património, Hotelaria/Alojamento e Gestão de Turismo, são alguns dos cursos disponíveis nas 12 escolas do Turismo de Portugal que apostam num programa formativo abrangente, focado no talento das pessoas, no desenvolvimento de softskills, na inovação e na internacionalização dos profissionais do turismo, com base do sucesso do setor em Portugal.

A Oferta Formativa da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste para o próximo ano letivo 2020/2021 é constituída pelos Cursos de nível IV (para quem tem o 9.º ano) de “Técnico de Restaurante / Bar” e “Técnico de Cozinha / Pastelaria; Cursos de nível V (para quem tem o 12.º ano ou licenciatura) de “Gestão de Restauração e Bebidas”, “Gestão de Turismo”, “Gestão e Produção de Pastelaria” e “Gestão e Produção de Cozinha”.

De realçar, ainda, a oferta de formação contínua especializada com os seguintes cursos: “Curso de Turismo de Saúde e Bem-Estar” – 1.ª edição e novidade absoluta a nível nacional; “Curso de Padaria Avançada – 6.ª Edição” e ” Curso de Escanção – 2.ª edição”.

Face aos desafios dos últimos meses, segundo comunicado enviado ao JORNAL DAS CALDAS “as 12 escolas da rede do Turismo de Portugal têm vindo a introduzir mudanças significativas na sua organização e metodologia de formação”.

“Forçadas a uma mudança repentina e confrontadas com a necessidade de criar novas soluções, as escolas intensificaram os seus projetos de transformação digital, criando soluções de ensino à distância que serão a base para as mudanças introduzidas no próximo ano letivo”.

Assim, de acordo com documento, em 2020/2021 serão “desenvolvidos projetos de escola virtual, com a criação de serviços de suporte online, nomeadamente, suporte pedagógico, apoio ao estudo, desenvolvimento pessoal e criativo, entre outros serviços, sem a necessária presença física na escola”. Haverá disponibilização de percursos mais flexíveis, que conjugam formação online e formação presencial, reduzindo os períodos de permanência física na escola.

A internacionalização da oferta formativa continua a ser uma das vertentes das Escolas do Turismo de Portugal, no próximo ano letivo, através da cooperação internacional com outras escolas e formadores no desenvolvimento de projetos online e formação complementar online.

A nota de imprensa destaca a elevada “taxa de empregabilidade dos alunos formados pelas escolas do Turismo de Portugal, que está nos 94% de acordo com o último estudo de inserção profissional”. “O sucesso dos alunos representa o sucesso da escola, pelo que é fundamental construir uma instituição em que o foco e o propósito da sua atividade está centrado nas necessidades e desejos dos alunos e do setor do turismo”.

A Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste está localizada em Caldas da Rainha e Óbidos, no coração da Região Oeste de Portugal, integra a rede nacional de Escolas do Turismo de Portugal desde o início da sua atividade em 2006 e é considerada como prioritária para a diversificação e a criatividade do setor.

A missão da Escola passa pelo contributo decisivo na criação de valor e qualificação dos recursos humanos, bem como, prestígio das profissões turísticas em conformidade com os eixos de atuação da “Estratégia Turismo 2027”, destacando-se: a) a valorização das profissões do turismo e o desenvolvimento de cursos e programas formativos que respondam às necessidades do mercado; b) a transferência de conhecimento da instituição de ensino e centros de investigação para as empresas do setor.

Através da sua rede de 12 escolas, o Turismo de Portugal forma mais de três mil alunos por ano, sendo este um dos pilares da atuação da Autoridade Turística Nacional que contribui, assim, para a competitividade e qualidade do serviço prestado pelas empresas e agentes do setor.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Deputados interrogam ministra sobre carências nas extensões de saúde

Os deputados do PSD na Assembleia da República Hugo Oliveira, Margarida Balseiro Lopes, Pedro Roque, Olga Silvestre e João Marques denunciaram “graves carências de funcionamento” das extensões de saúde de Santa Catarina, Rostos e A-dos-Francos, no concelho das Caldas da Rainha, tendo questionado a ministra da tutela sobre diversas situações.

deputados

Condução perigosa na A8 entre Tornada e Caldas

A zona da A8 entre Tornada e Caldas da Rainha está referenciada pelo Destacamento de Trânsito (DT) de Leiria da GNR como palco de condução perigosa, tendo levado à detenção de alguns condutores ao longo do último mês.

corridas