Q

Previsão do tempo

14° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
14° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
14° C
  • Sunday 13° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 13° C

Pinga & Conduto traz sabores da Beira Transmontana para as Caldas

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Abriu a 21 de maio, na Zona Industrial das Caldas da Rainha, o restaurante Pinga & Conduto, no mesmo local onde antes existia a Casa dos Grelhados.
O restaurante é um projeto de Nélio Brandão, Maria da Conceição Ferreira, Ana Flores e Rita Ferreira

O novo estabelecimento é um projeto de Rita Ferreira, Maria da Conceição Ferreira, Ana Flores e Nélio Brandão, que depois de vários anos à frente do restaurante “O Transmontano”, na Figueira de Castelo Rodrigo, na Beira Transmontana, decidiram apostar no negócio nas Caldas da Rainha.

Foi há um ano que mudaram para as Caldas e abriram o restaurante na Cidade Nova, mas tiveram uma “tremenda infelicidade porque devido à pandemia provocada pela Covid-19” viram-se forçadas a encerrar “um projeto que já estava a ser um sucesso”.

No entanto, surgiu um espaço maior com esplanada na Rua António Oliveira nº 40, Fração N, na Zona Industrial. “Mudámos porque aqui temos melhores condições e temos estacionamento à porta”, disse Rita Ferreira.

Esta família migrou em finais de agosto para as Caldas, depois de ter fechado o restaurante em Figueira de Castelo Rodrigo. “O mercado lá está muito estagnado, devido ao despovoamento e a desertificação do interior e resolvemos vir para cá porque aqui sempre há mais população e tínhamos cá amigos”, contou Rita Ferreira.

A empresária contou que é amiga do juiz desembargador Carlos Querido, que há 30 anos era cliente habitual do seu restaurante na Beira Transmontana. “Eu é que lhe indicava os pratos e ensinei-o a comer o requeijão com doce de abóbora e canela, porque ele comia com sal e pimenta”, referiu.

Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS Carlos Querido recordou que a sua primeira comarca foi Figueira de Castelo Rodrigo, “onde estive sozinho, longe da família”. “Havia lá um restaurante onde almoçava e jantava todos os dias. As senhoras do restaurante adotaram-me, apaparicavam-me, estragavam-me com mimo”, contou. Depois foi passando por várias comarcas e afastou-se “durante alguns anos”. “O interior está a morrer, particularmente na zona da Raia e, para meu enorme espanto, um dia as tais senhoras apareceram-me à porta a dizerem que tinham mudado para as Caldas onde iam abrir um restaurante – Pinga & Conduto”, explicou o juiz desembargador.

A famosa vitela à mineiro

O menu do Pinga & Conduto assenta na cozinha tradicional portuguesa, de forte inspiração beirã, destacando-se a Vitela à Pinga. “Era uma receita da minha mãe que se chamava vitela à mineiro, com o qual ela chegou a ir várias vezes a um programa de televisão fazer este prato”, referiu a responsável.

Ana Flores é a cozinheira. Fez a sua formação na Escola de Hotelaria do Fundão e trabalhou 11 anos no grupo Pestana, onde foi chef de cozinha. A sua carreira levou-a a Guimarães, Algarve, Açores, tendo trabalhado na pousada da Serra da Estrela.

Uma diária neste estabelecimento custa 7,50 euros e inclui pão, azeitonas, manteiga, sopa, prato principal, bebida e café e por mais um euro a sobremesa. “Todos os dias temos três pratos de carne diferentes e um de peixe”, indicou a chef, destacando também o arroz serrano, o polvo com cebolada de chouriço, batata doce e abóbora e ainda a posta serrana, choquinhos grelhados e o bacalhau à brás.

Da parte da tarde há uma diversa carta de petiscos (caracóis, preguinhos, pica-pau à pinga, moelinhas, entre outros).

O espaço tem uma vasta carta de vinhos, dando destaque aos da Adega de Figueira de Castelo Rodrigo.

Existe serviço de take away e o horário neste momento é o seguinte: almoços das 12h00 às 15h00 e petiscos a partir das 16h00. Ao longo do mês de junho deverá retomar a carta de jantares.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Médicos de família em Santa Catarina e A-dos-Francos

A Junta de Freguesia de Santa Catarina, nas Caldas da Rainha, informou que o Centro de Saúde daquela localidade (pólo da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) das Caldas da Rainha) vai voltar a ter médico de família. “A confirmação feita pela diretora...

medico 2

Reabilitação urbana em A-dos-Francos

Uma sessão de esclarecimento sobre o levantamento das áreas de reabilitação urbana em A-dos-Francos, nas Caldas da Rainha, vai ser realizada no dia 26 de janeiro, pelas 21h, na sede na Junta de Freguesia.

rea

Dois médicos vão reforçar Unidade de Saúde Familiar

Foi concedido um regime de exceção para a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) contratar mais dois médicos avençados para ajudar a resolver a atual fraca resposta da Unidade de Saúde Familiar do Bombarral.

usf