Q

Previsão do tempo

13° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
14° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
14° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 15° C
“Obrigado #JuntosVamosConseguir”

Profissionais da linha da frente no combate à Covid-19 homenageados no 25 de abril

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um grupo de cidadãos acompanhados pelo executivo da União de Freguesias Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório e munidos de cartazes que compunham a frase “Obrigado #Juntos Vamos Conseguir”, dirigiu-se de carro ao Centro de Saúde, GNR, Bombeiros, PSP e Hospital das Caldas, agradecendo, com palmas, o trabalho que estão a fazer pela população.
Obrigado #Juntos Vamos Conseguir” no hospital das Caldas

Perto de vinte funcionários da unidade das Caldas da Rainha do Centro Hospitalar do Oeste cantaram “Grândola Vila Morena” no dia 25 de abril, depois de terem sido homenageados por volta do meio-dia.

Foi um momento simbólico que marcou o 46.º aniversário do 25 de Abril nas Caldas da Rainha, que pela primeira vez se assinalou no meio da luta contra uma pandemia. A ação não só sensibilizou os profissionais de saúde e de segurança como as pessoas que prestaram a homenagem.

Com uma demonstração de carinho pelo agradecimento, o enfermeiro no serviço de Urgência Pediátrica, Francisco Neto, retribuiu dizendo “Nós estamos aqui por vocês”.

A ideia desta ação surgiu de Sara De Neyman e de Carlos Gomes, da Ordem do Trevo que se conheceram no Speak Caldas, que liga pessoas através da língua e cultura. Juntaram-se à união de freguesias e agradeceram às entidades caldenses que estão na linha da frente no combate à Covid-19.

Sara De Neyman, que nasceu na Alemanha e vive há cerca de um ano e meio no Nadadouro, disse que “nunca como antes nos fez tanto sentido celebrar a liberdade, ainda por cima com um agradecimento a quem nos está a ajudar”.

O presidente da união de freguesias, Vítor Marques, disse que não podia recusar associar-se a esta “ação simbólica, mas com muito sentimento e paixão por aquilo que estes homens e mulheres têm feito no combate a um vírus que não dá tréguas”. “Na linha da frente há um grupo de pessoas que não pode ficar em casa. São médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de saúde, funcionários de limpeza, bombeiros, polícias, autarcas, colaboradores dos supermercados, dos centros de apoio domiciliário, de distribuição de correio e de produtos e serviços, e tantos outros profissionais que dia após dia arriscam tudo de si, para o bem de todos nós e por vezes sem materiais e espaços físicos adequados”, apontou.

Vítor Marques adiantou que a união de freguesias está disponível para ajudar outras entidades. “Agora surgiu a possibilidade de arranjar mais uns equipamentos para o hospital das Caldas e vamos aproveitar as pessoas que nos têm contactado para que mais esta ajuda aconteça”, revelou.

O enfermeiro-chefe do Serviço de Urgência do hospital das Caldas, Júlio Branco, disse que “são sinais de reconhecimento que numa altura desta apreciamos, e não ficamos indiferentes porque acredito que maioria de nós está nisto por vocação”. O enfermeiro falou da fase inicial difícil onde houve “falta de material de proteção individual”, agradecendo às “entidades locais, costureiras e todas as pessoas da comunidade que estão a contribuir para que o equipamento em número suficiente e adequado chegue e que nos tem permitido gerir toda esta situação com muita segurança”.

O profissional de saúde revelou que adaptaram um armazém intermédio onde preparam o equipamento de proteção.

Quanto à urgência pediátrica estar já a funcionar nas novas instalações, o enfermeiro disse que “ainda não está inaugurada, mas teve que começar a funcionar à pressa em função das circunstâncias”. “Permitiu-nos criar nas várias urgências circuitos distintos entre doentes suspeitos de Covid-19 e doentes não suspeitos de estarem infetados”, explicou. Júlio Branco lamentou “as implicações grandes em termos de atraso da obra que não está concluída que isto vai suscitar”, mas sustentou que “nesta fase foi uma ajuda muito grande podermos utilizar as novas instalações”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Gaeiras reúne 100 artistas e cerca de 2000 presépios

De 8 a 26 de dezembro vai decorrer no Convento de São Miguel, nas Gaeiras, a 14ª Grande Exposição de Presépios. Durante estes dias, entre as 14 e as 18 horas, poderão ser vistas as obras de 100 artistas e apreciados cerca de dois mil presépios. A diversidade dos materiais, como o barro, a casca de ovo, a madeira, o ferro, o tecido, a joalharia, a cortiça, o vidro, ou até mesmo componentes eletrónicos, constitui uma atração.

presepios

EBI Santo Onobre quer incentivar utilização da bicicleta

No âmbito do Desporto Escolar (DE), a Escola Básica de Santo Onofre, nas Caldas da Rainha, aderiu ao projeto “DE sobre rodas”, que consiste em recolher bicicletas que sirvam para crianças, dos 5 aos 12 anos, ainda em condições para serem usadas, mesmo que precisem de uma pequena reparação.

bicicletas