Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 27° C
17° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 29° C
  • Wednesday 28° C
17° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 32° C
  • Wednesday 30° C

Mindfulness no ambiente escolar pode trazer benefícios a alunos e professores

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O tema da prática de Mindfulness esteve em destaque no passado dia 5 na palestra que decorreu no Centro de Recursos Comunitário, organizada pelo Gabinete de Psicologia da União das Freguesias de Caldas da Rainha - Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório.
A psicóloga Andreia Mendes explicou os benefícios da prática de Mindfulness

A oradora foi a psicóloga clínica Andreia Mendes, com pós-graduação em Terapias Cognitivas Comportamentais de 3ª Geração e Mindfulness, que partilhou com o público, maioritariamente professores e educadores, a sua experiência e perspetiva desta prática,

Segundo Andreia Mendes, Mindfulness é mais do que um tipo de meditação, é a “atenção plena – consciência do momento presente”. “É estarem conscientes do que se está a passar consigo, com os seus pensamentos, com as suas emoções, com o seu corpo, no sítio e na experiência que estão a viver”, explicou.

A prática tem ganho destaque na sociedade, porque está a dar algumas respostas ou caminhos para “as vidas muito preenchidas, atarefadas e por vezes desgastantes”. “Mindfulness permite-nos manter a atenção naquilo que é realmente importante. Aumenta a atenção, reduzindo o tempo em que a mente anda a vaguear, sendo que por vezes ela navega no passado ou no futuro, e muito pouco no presente”, disse a psicóloga.

“As técnicas associadas ajudam a decidir em consciência e não em impulso”, assegurou a oradora, adiantando que permite a “gestão emocional diária mais ajustada”.

Diminuição da dor crónica, ansiedade e depressão, melhoria no tratamento das perturbações somatoformes (busca persistente de assistência médica) são outros benefícios.

O uso das práticas de atenção plena Mindfulness no ambiente escolar tem-se tornado cada vez mais frequente. De acordo com Andreia Mendes, que é diretora do Centro Clínico de Apoio à Infância “Children’s World”, elas “ajudam os estudantes a aumentar a sua capacidade de manter a atenção, regular melhor as suas emoções e adquirir maior habilidade nas inter-relações sociais”. Auxiliam ainda “num autoconceito positivo, no tomar de consciência do pensamento, diferenciar pensamentos bons e maus, e na promoção de sentimentos de gratidão face às experiências do quotidiano”.

A psicóloga, que implementou esta prática há dois anos no Colégio Rainha D. Leonor, indicou que os alunos que praticam Mindfulness “são crianças e jovens com melhor capacidade de autorregular a atenção, emoções, comportamentos e a motivação”.

Mas não são só os estudantes que beneficiam deste tipo de meditação, os professores que praticam Mindfulness são “docentes que gerem melhor a sala de aula, os conteúdos e têm menos stress”.

A sessão, destinada a professores, auxiliares de ação educativa, profissionais ligados à área de educação e demais interessados no tema, contou com dois momentos de meditação com o objetivo de “tomarem consciência do que é Mindfulness”.

Andreia Mendes mostrou alguns exercícios de Mindfulness que os professores podem “colocar em prática na sala de aula”.

A psicóloga falou também dos benefícios que os praticantes de Mindfulness têm nas organizações, proporcionando um ambiente de trabalho com reduzidos índices de stress, maior cooperação e produtividade. “Existe uma melhoria de performance do colaborador (maior atenção e mais comportamentos de segurança), melhoria nas relações pessoais e profissionais, aumento de bem estar físico e psicológico”.

São conhecidas as empresas internacionais que fomentam a prática de Mindfulness como a Google, a Amazon, Intel, Apple e em Portugal a Altice-PT e BMW-Portugal

A palestra “Mindfulness e Educação Consciente” foi a primeira de um ciclo de ações organizado pelas psicólogas Sara Oliveira e Sílvia Freitas, do Gabinete de Psicologia da União das Freguesias de Caldas da Rainha – Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório. A próxima será sobre os 4 d’s – dislexia, disortografia, disgrafia e discalculia.

Os professores e educadores de infância associados que participam nestas ações de formação serão certificados pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua do Centro de Formação de Associação de Escolas Centro-Oeste.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Suspeitos de furtos de metais não preciosos

A GNR do Cadaval e o Núcleo de Investigação Criminal de Alenquer da GNR detiveram dois homens, de 33 e 47 anos, no dia 2 de agosto, na sequência de uma investigação por furtos de metais não preciosos. Foi dado cumprimento a quatro mandados de busca, duas...