Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 19° C
13° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 20° C
13° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 20° C

Mergulhadores da Marinha inativam engenho de fumo na Nazaré

Francisco Gomes
11 de Março, 2020
A equipa de prontidão de inativação de engenhos explosivos da Marinha, o Destacamento de Mergulhadores Sapadores Nº1, foi acionada ao final da tarde da passada sexta-feira na sequência do avistamento de um possível engenho explosivo encontrado na Nazaré.
Destacamento de Mergulhadores Sapadores Nº1 esteve no local

?????O alarme chegou ao comando local da Polícia Marítima da Nazaré, tendo o capitão do porto coordenado esta operação, ativando diversos meios para o local, tendo a Polícia Marítima estabelecido um perímetro de segurança com cerca de 200 metros. Após a chegada ao local, cerca das 19h30, os mergulhadores iniciaram de imediato os trabalhos de preparação para deflagração do engenho, tratando-se de um “marine marker”, engenho que produz fumo utilizado em ambiente marinho para sinalização de posições, o qual viria a ser detonado com sucesso cerca das 21h00. Devido à confluência de diversas rotas marítimas e aéreas, este tipo de engenho é encontrado com alguma frequência na costa portuguesa e requer precauções no seu manuseamento, pois na sua composição contém fósforo branco que na presença de oxigénio deflagra (inicia combustão a alta temperatura), podendo causar queimaduras graves se em contacto com a pele. Ainda que aparente um estado estável e seguro este tipo de engenhos poderá encontrar-se acionado e totalmente funcional, contendo ainda parte da sua carga. Aquando da sua deteção estes engenhos não devem ser manuseados ou removidos, devendo informar-se de imediato as autoridades.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Vinhos da região no livro “A Alma dos Vinhos de Lisboa”

Foi lançado no passado dia o livro “A Alma dos vinhos de Lisboa”, que aborda a história da Região Demarcada de Lisboa, bem como o seu território, as suas quintas e os seus vinhos. Nesta obra, que foi promovida pela Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa constam a Adega Cooperativa da Vermelha, no Cadaval, a Companhia Agrícola do Sanguinhal, no Bombarral, e a Adega Cooperativa da Lourinhã.

livro 1

FOLIO recebeu 20 mil visitantes ávidos de conhecer novos autores

Após um ano de interrupção, devido à pandemia, o FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos voltou a ter casa cheia, para assistir a tertúlias, apresentações de livros, workshops, concertos e outras iniciativas, que atraíram cerca de 20 mil visitantes, ávidos de conhecer novos autores e assistir a espetáculos. O evento literário, que envolveu 469 oradores e dinamizadores de atividades, regressa no próximo ano, entre 6 e 16 de outubro, sob o tema “O Poder”.

balanco folio