Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 21° C
17° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 21° C
17° C
  • Monday 27° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 22° C
Olhar JSD

A vida é feita de etapas

Rui Constantino presidente da Mesa do Plenário da JSD Caldas da Rainha e conselheiro nacional da JSD
11 de Março, 2020
A vida é feita de etapas, e quase sempre as melhores são aquelas que não esperamos que possam acontecer. Crescemos a ouvir falar das pessoas, a vê-las nos eventos, nos jornais e pelas ruas da nossa cidade e quase sempre moldamos a imagem dos mesmos pela opinião que vamos ouvindo aqui e ali.

Também aconteceu comigo, mas tive a sorte do destino me cruzar durante uma celebração do dia 15 de maio com as pessoas certas, no momento certo e sentir que poderia dar mais à minha cidade e à minha geração. Foi-me dito naquela noite: “Se puderes evitar uma queda de um amigo teu por causa de uma pedra da calçada, estarás a fazer um bom trabalho”. E assim foi! Atento a todas as pedras da calçada trilhei um caminho em conjunto com jovens espetaculares, que fizeram de mim uma pessoa mais feliz, atentos e com uma visão do futuro que se pretende para a cidade e para o país. Mas também com pessoas experientes que me aconselharam sempre da melhor maneira e pelos quais tenho a maior estima. Recordo tudo isto hoje, porque será muito provavelmente a última vez que vou escrever neste espaço com uma ligação institucional à JSD, mas jamais deixarei de pertencer à JSD! Esta geração irá ter vários desafios, o principal na minha opinião, será aproximar a sociedade ao nosso pensamento, à nossa visão e a grande discórdia de opiniões que existe nas gerações. Hoje em dia, as redes sociais permitem que exista uma maior divulgação de opiniões, no entanto, sinto que a demagogia acelera nos canais que deveriam ser usados com outros fins. A comunicação social tem hoje um peso numa determinada geração com valor que deambula em direção às audiências e aos interesses pretendidos, onde os youtubers (os novos fazedores de opinião) têm mais visualizações que o telejornal, onde a justiça é forte com os fracos e fraca com os fortes, onde a tecnologia é um bom detective, mas não tem credenciais para ser usada, no fundo um 8 ou 80. Penso que está na hora de parar para pensar o que se pretende para o concelho daqui a 10 anos numa primeira fase e para daqui a 15/20 anos, numa segunda fase. A velocidade da evolução humana quer a nível tecnológico, farmacêutico, social, educação e saúde está cada vez mais acelerado e em constante desactualização. Devemos aproveitar o nosso excelente património natural para o mostrar cada vez mais e melhor ao mundo, aproveitar os nossos artesãos que são de uma qualidade invejável, devemos dar continuidade ao desenvolvimento sustentável do nosso Hospital Termal que é o mais antigo do mundo, preservar o nosso comércio local e os nossos mercados assim como dar apoio a todos os agricultores do concelho e às pessoas que abdicam de parte da sua vida pessoal para trabalharem juntos das suas comunidades nas associações e clubes que tão bom nome dão ao concelho das Caldas da Rainha. Finalizo dizendo que devemos lutar pela melhoria das condições do nosso hospital. Os cuidados de saúde são fundamentais para o índice de felicidade. Necessitamos de transportes ferroviários rápidos e apelativos só assim iremos de encontro com as expectativas de felicidade, Caldas da Rainha é um concelho atrativo e vivo, mas nunca nos deixaremos descuidar quanto a sua evolução e ao Índice de Felicidade que o mesmo deve ter! A toda a minha, nossa, JSD, façam sempre o melhor para a vossa geração e para as que antecederam. Todos tiveram e têm muito valor e nunca nos devemos esquecer que o futuro é dos jovens, aqueles que por aí passaram, aqueles que aí estão e aqueles que ainda por aí vão passar!

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Deco Ribatejo e Oeste já é um centro Eusoudigital

A Deco (associação de defesa do consumidor) aceitou o convite do programa Eusoudigital e promove a capacitação dos consumidores da região Ribatejo e Oeste para a transição digital.

deco

VASP desrespeita decisão do tribunal e continua a cobrar taxas aos seus agentes

A Associação Nacional de Vendedores de Imprensa (ANVI) vem divulgar o desrespeito total da VASP - Distribuidora de Publicações, SA, ao cumprimento das ordens do tribunal, providência cautelar de 9 de julho de 2021 e despacho do dia 9 de setembro de 2021, que suspendeu a taxa diária de distribuição.