Q

Previsão do tempo

8° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
8° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
8° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C
Rugby - 1ª Divisão Seniores

Caldas RC sobe ao 2º lugar

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Nesta 12ª jornada o Caldas Rugby Clube procurava voltar às vitórias após a derrota frente ao Galiza na semana passada. O Braga numa fase difícil, com derrotas nas últimas seis partidas, algumas por números pesados. Contudo, o Caldas não poderia tomar nada como garantido. Mais uma vez os pelicanos não conseguiam apresentar a sua melhor equipa. Desta feita o habitual par de centros, Gonçalo Silva e Oky D’Amato estavam ausentes, por motivos de ordem pessoal.
Equipa do Caldas Rugby Clube

A equipa bracarense chegou ligeiramente atrasada – as viagens neste campeonato nacional não são pequenas – e o pontapé de saída foi adiado, por comum acordo entre as duas equipas e o árbitro por doze minutos, o que permitiu ao Braga o ‘aquecimento’ antes da partida. O Caldas mostrou a sua intenção de atacar desde o início. Uma arrancada impressionante de Filipe Gil, que conquistou mais de trinta metros, foi finalizada por Ricardo Marques, que concretizou facilmente o toque de meta, logo no segundo minuto. A conversão, tentada por Jonathan Nolan, não surtiu efeito. Aos nove minutos o Caldas aumentou a sua vantagem. Uma boa conquista em alinhamento, a oval é jogada num maul poderoso e David Esteves finaliza com o toque de meta. A conversão é, novamente, falhada. O clube da casa acelera o jogo, encadeia várias fases à mão, circulando a oval até à entrada de Filipe Gil, que não permite a placagem e marca mais um ensaio, de novo não convertido, aos quinze minutos. Muito influente durante toda tarde, sempre no centro das jogadas de ataque do Caldas, o número oito pelicano ganha a bola após uma formação ordenada conquistada ao Braga, corre mais de trinta metros para chegar ao seu segundo ensaio. O Caldas concretizou, assim, quatro jogadas de ataque nos primeiros dezassete minutos, com o resultado em 20-0. Aos vinte e três minutos numa jogada coletiva, a partir de mais uma conquista limpa em alinhamento, a oval chegou à ponta para mais um ensaio, ainda não convertido. O sexto ensaio chegou no minuto trinta. Filipe Gil rompe as linhas defensivas de Braga e concretiza o seu terceiro toque de meta da partida. Jonathan Nolan, desta feita, acertou o pontapé e converteu para os dois pontos extras. Os ataques do Caldas mostravam-se implacáveis e, a partir de um alinhamento de introdução adversária, aos 38 minutos, bem conquistado pelo pilar Luís Gaspar, muito concentrado, a oval é movimentada muito rapidamente com uma entrada de Diogo Vasconcelos a finalizar. Jonathan Nolan converteu, novamente, os dois pontos extras. Com 39-0 e jogo de um só sentido, aos 45 minutos a precisão na condução e passe voltam a aparecer e o oitavo ensaio é concretizado por Alex Vieira. O chutador pelicano não foi eficaz na conversão. Aos 48 minutos, uma bola solta após mais uma conquista em alinhamento de introdução bracarense é captada pelo centro Tomas Jacinto, que muito rápido e confiante concretizou com eficácia. Jonathan Nolan, com o pé mais afinado, não falhou a conversão. O treinador Patricio Lamboglia continuou a fazer entrar o banco e aos 58 minutos Filipe Gil finaliza o toque de meta. Jonathan Nolan acrescentou os dois pontos adicionais da transformação. Aos 59 minutos os Pelicanos chegam a mais um ensaio por David Esteves, que finalizou debaixo dos postes. Conversão fácil para Jonathan Nolan. Aos 65 minutos, a frágil defesa do Braga não conseguiu travar a entrada de Tomás Jacinto. Conversão fácil para Jonathan Nolan. Aos 70 minutos, finalmente uma boa oportunidade para os forasteiros, a conseguirem ter alguma iniciativa de ataque. Conquista em alinhamento, mas a jogada a perder-se na sequência à mão. Avisados, os pelicanos voltaram a acelerar e praticamente na bola de jogo, a jogada habitual. Alinhamento bem conquistado, várias fases de avançados e a oval libertada para entrada entre os postes de Alex Vieira. Jonathan Nolan encerrou o marcador com mais um pontapé fácil. Resultado Final: Caldas 77pts (13E, 6T) vs Braga Rugby 0 pts. Alinharam pelo Caldas RC: Alexandre Vieira (3E), Bruno Martins, Caetano Perez, David Esteves (2E), Diogo Vasconcelos (2E), Duarte Mourão, Filipe Gil (4E), Gonçalo Cordeiro, Gonçalo Sampaio, Jonathan Nolan (6T), José Maria Vieira, Leonardo Ferreira, Luís Gaspar, Ricardo Correia, Ricardo Marques (Cap.) (1E), Rodrigo Pereira, Rui Santos, Salvador Cambournac, Tomás Jacinto (2E) e Tomás Melo. Treinador: Patrício Lamboglia; Diretor de Equipa: Tomás Lamboglia; Fisioterapeuta: Rodrigo Santos/Physioclem; Comissário de Jogo: António Ferreira Marques Com este resultado o Caldas RC regressa ao 2º lugar do CN1 com 49 pontos. Na próxima jornada, dia 15 de fevereiro, o Caldas RC desloca-se a Lisboa para defrontar o CR S. Miguel, atual 1º classificado.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Museu Nacional Resistência e Liberdade arranca em fevereiro

Tem início em fevereiro a empreitada com vista à instalação do Museu Nacional Resistência e Liberdade na Fortaleza de Peniche, devendo a mesma estar concluída no primeiro trimestre de 2023, de modo a que possa ser inaugurado a 25 de abril de 2023, um ano antes das comemorações do 50º aniversário da Revolução dos Cravos.

museu

Cercina reforça respostas sociais

A Cercina – Cooperativa de Ensino, Reabilitação, Capacitação e Inclusão da Nazaré, reunida em assembleia geral no dia 29 de dezembro, aprovou por unanimidade o Plano de Atividades e Orçamento para 2022.

Eventos com alunos da ESAD.CR

“Descaminho” é o título de uma mostra de performance a ser apresentada nos dias 13 e 14 de janeiro, entre as 20h e as 24h, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.