Q

Previsão do tempo

17° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
17° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 21° C
17° C
  • Sunday 26° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 23° C

Fogo no Bairro dos Arneiros destrói apartamento de idosos

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um casal de idosos teve de ser realojado na sequência de um incêndio que destruiu a sua habitação na cidade das Caldas da Rainha, na passada quinta-feira, tendo Henrique Machado, o único ocupante que estava na altura no apartamento, sido salvo por dois vizinhos, que subiram até ao terceiro andar e retiraram o homem, de 71 anos, para o exterior. Uma vizinha, de 52 anos, foi transportada ao hospital devido a uma crise de ansiedade mas teve alta pouco depois e regressou ao prédio, onde só os moradores no apartamento incendiado é que não puderam voltar.
Incêndio em apartamento no terceiro andar de um prédio

O fogo, cujas causas estão a ser investigadas, danificou por completo o apartamento na Rua Manuel Matos e Sousa, no Bairro dos Arneiros. “Eu estava na rua e o meu marido gritou para chamar os bombeiros. Subi e vi muito fumo. Se não fossem os vizinhos o meu marido morria lá dentro. As paredes estão praticamente todas num esqueleto. Estou destroçada”, relatou ao JORNAL DAS CALDAS Roseta Cordeiro, de 70 anos, moradora na habitação incendiada. “Estava o apartamento todo em chamas e tudo escuro. Corremos riscos mas tínhamos de salvá-lo porque estava em aflição. Chorava muito e em pânico mas não queria sair porque estavam lá os bens a arder”, contaram Hedjelk Santos e António Pereira, os vizinhos que socorreram o idoso. Rui Faria, chefe dos bombeiros das Caldas da Rainha, indicou que encontraram “um grande cenário de destruição e a preocupação foi evitar que o fogo evoluísse para as outras frações do prédio”, confirmando que o apartamento ficou “sem condições de habitabilidade”. Gúi Caldas, coordenador da proteção civil, revelou que ia ser feita uma “avaliação social e financeira do casal”, para intervenção dos serviços municipais, no sentido de realojar os dois idosos, e que seria feita uma vistoria técnica ao prédio para apurar a dimensão dos danos. A autarquia arranjou uma pensão para os idosos ficarem e disponibilizou acesso ao vestiário social, para arranjarem roupas, uma vez a maior parte que tinham ficou consumida pelas chamas. Algumas roupas foram também doadas pela Associação dos Amigos do Bairro Azul. O casal foi igualmente encaminhado para a Segurança Social. Posteriormente, foi comunicado aos idosos que o seguro da casa trataria do realojamento, pelo que prescindiram do apoio camarário.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados