Q

Previsão do tempo

8° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
8° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
7° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C

Projeto “FiestaFinder” vai representar Caldas na final das melhores startups da área do turismo

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O projeto “FiestaFinder”, uma plataforma na internet que ajuda a promover, financiar e organizar os milhões de eventos tradicionais de todo o mundo, vai representar Caldas da Rainha na final nacional do programa Tourism Explorers – centrado na ideação e aceleração de startups na área do turismo, desenvolvido em simultâneo em doze cidades do país.
Entrega do 1º lugar na final local a Ricardo Roque (ao centro), representante do projeto “FiestaFinder”

O prémio final de dez mil euros será disputado no dia 24 de outubro no Parkurbis, Covilhã, pelo projeto de Ricardo Roque, Ana Filipa Cordeiro, José Alves Rio e Jorge Santos. O Tourism Explorers é um programa organizado pela Fábrica de Startups, em parceria com o Turismo de Portugal, que tem como objetivo promover o empreendedorismo em Portugal. Depois de seis semanas de trabalho, as doze melhores startups da área do turismo de Abrantes, Angra do Heroísmo, Aveiro, Caldas da Rainha, Coimbra, Covilhã, Évora, Faro, Lisboa, Portalegre, Porto e Setúbal, vão agora disputar o 1º lugar da 3ª edição do Tourism Explorers. Os empreendedores vão apresentar os seus projetos a um grupo de jurados, investidores, parceiros, imprensa e comunidade local, numa competição de pitches. O evento será transmitido em direto através dos canais de YouTube e Facebook da Fábrica de Startups. No dia 17 de outubro onze equipas disputaram o 1º lugar na final local. O júri foi composto por Daniel Pinto, diretor da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, José Coutinho, da Leader Oeste, Jorge Barosa, da Associação Empresarial da Região Oeste, Nuno Mendonça, da Núcleo Inicial, empresa de consultoria e formação, e Viriato Dias, Gonçalo Gomes e Diana Rodrigues, do Turismo do Centro de Portugal. Como vencedor da cidade das Caldas da Rainha, “FiestaFinder” ganhou 30h de consultoria da empresa Núcleo Inicial e três meses de incubação mais três meses com desconto na empresa Partnia. “Ocean Zipline – Sobrevoar o oceano é outra onda”, que venceu a última edição do Prémio José Manuel Alves, concurso de empreendedorismo turístico do Turismo Centro de Portugal, foi um dos projetos concorrentes. A equipa era composta por Paulo Fernandes, Tiago Borralho e Gonçalo Vaz, e denominada “Geração Give”. Trata-se de uma atividade de animação turística que organiza uma descida gravitacional sobre o oceano Atlântico num percurso de 1.100 metros de distância com uma elevação máxima de 110 metros de altura, através de um slide sobrevoando a praia da Nazaré. Outros dos concorrentes foi “3e60 Soluções Imersivas”, de Anesio Neto e Leonardo Araújo, um projeto que pretende ajudar turistas a conhecer novos destinos turísticos com roteiros fiáveis e imersivos com o uso da realidade virtual. “Gamebox52” era o projeto de Sónia Reis e Peter Allen, que criaram um jogo de tabuleiro que explora as lendas, a cultura e a história de Portugal. “Portugal Old Friends”, de Liliana Sousa e José António, visa satisfazer a procura dos turistas por experiências autênticas e de origem local, recorrendo às oficinas de olaria e cerâmica contemporânea, que são recursos locais, para criar proximidade com artesãos e artistas de cidades com pontos de interesse histórico. “Quinta das Cocas”, projeto de Micaela Santos, organiza experiências na natureza, pedagógicas e com consciência ambiental. “Air Life Project”, de Leonarda Beltrão, ajuda a resolver a dificuldade de encontrar turismo sustentável utilizando o Sports Festival, um evento com diversas modalidades em datas específicas, atraindo um maior espetro de público-alvo. “Alvoki” de Ana Ferreira, Marcelo Amaral, Diogo Massena e André Azevedo é uma ferramenta para turistas que ajuda os alojamentos a prestar um serviço personalizado e mais amplo aos seus hóspedes, através de um assistente pessoal, disponível com multi-idioma e suportado em diversos canais de comunicação. “Santa Ana”, de Patrícia Miranda e Jorge Macau, é uma experiência de turismo rural que usa, como solução diferenciadora, a participação do próprio hóspede na recuperação do ecossistema envolvente, contribuindo para a conexão com a natureza e para a aproximação dos valores de sustentabilidade e responsabilidade social. “Interior à Vista”, de Manuel Costa e Ana Paula, é um projeto que se predispõe a organizar experiências de escape personalizadas em ambiente rural e que proporciona uma resposta logística simples e adaptada às necessidades individuais, recorrendo a redes informais de sinergias locais. “Fruir Touring”, de Fernando Rodrigues e Joana Rodrigues, é um projeto de alojamento que ajuda amantes da natureza, desporto e entretenimento a resolver o stress e falta de cultura de qualidade de vida utilizando um conjunto de experiências diversificadas conectadas com cada tipo de clientes, e com o ecossistema local humano e cultural.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Homenagem a Luís “Bicau”

A Oeste Rescue, associação de nadadores salvadores, prestou na tarde do passado sábado homenagem ao Luís Alberto, conhecido por “Bicau”, de 44 anos, que há dias foi encontrado morto nas imediações da Lagoa de Óbidos.

bicau

Voto antecipado na Expoeste

O voto antecipado realiza-se a 23 de janeiro, no Pavilhão da Expoeste, pela facilidade de estacionamento e, caso necessário, permitirá que os eleitores aguardem no interior do edifício.

expoeste

Museu Nacional Resistência e Liberdade arranca em fevereiro

Tem início em fevereiro a empreitada com vista à instalação do Museu Nacional Resistência e Liberdade na Fortaleza de Peniche, devendo a mesma estar concluída no primeiro trimestre de 2023, de modo a que possa ser inaugurado a 25 de abril de 2023, um ano antes das comemorações do 50º aniversário da Revolução dos Cravos.

museu