Q

Previsão do tempo

22° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
22° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
22° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C

Ex-chefe militar da ETA confessou atividade terrorista em Óbidos

11 de Setembro, 2019
O ex-chefe militar da ETA Mikel Kabikoitz Carrera Sarobe reconheceu em tribunal, na passada segunda-feira, que coordenou a transferência em 2010, numa furgoneta, de armas e explosivos da França para a base da organização terrorista basca em Óbidos, noticiou a agência Lusa.

A viatura acabou por ser interceptada pela Guarda Civil a 9 de Janeiro de 2010 em Samora, cidade espanhola a 55 quilómetros de Miranda do Douro, tendo o etarra conhecido como “Ata” sido detido alguns meses depois, em Maio, num apartamento em Bayona (França).

Segundo a agência Efe, no julgamento, que começou esta segunda-feira na Audiência Nacional, um tribunal espanhol especial que trata de crimes contra o Estado, “Ata” confessou a sua participação na transferência das armas e outros artefactos para o fabrico de engenhos explosivos para a base logística da organização no Casal da Avarela, em Óbidos.

O ex-dirigente da ETA já foi condenado a duas penas de prisão perpétua em França, a última delas pela morte, em março de 2010, de um polícia francês, considerada a última vítima da organização terrorista basca. As autoridades francesas concordaram com a sua transferência temporária para Espanha para comparecer no julgamento.

Na sessão de segunda-feira, o procurador, nas suas conclusões provisórias, pediu a condenação do réu a 13 anos de prisão pelo crime de armazenamento e transporte de armas, munições e substâncias explosivas e inflamáveis e outro de falsificação de documentos para fins terroristas.

A ETA foi fundada em 1959, durante a ditadura de Francisco Franco, e fez uma série de atentados em Espanha e em França em nome da independência do País Basco espanhol e francês, assim como da região espanhola de Navarra. A organização terrorista renunciou à violência em 2011 e entregou em 2017 o que assegurou serem as suas últimas armas.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Atribuição de 75 bolsas de estudo nas Caldas

Decorre até 12 de novembro o prazo para apresentação das candidaturas para atribuição de 75 bolsas de estudo, no valor unitário de 800 euros, relativas ao ano letivo 2021/2022, destinadas a alunos oriundos de agregados familiares carenciados que pretendam prosseguir estudos em estabelecimentos de ensino superior sediados fora do concelho das Caldas da Rainha.

pexels stanley morales 3186386

Clube de Leitura presencial

A Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha acolhe a realização do Clube de Leitura em formato presencial, organizado pelas leitoras Marta Ambrósio e Elisa Santos, no dia 30 de outubro, pelas 15h00.

Concerto “Música e Monumentos”

O Largo da Igreja, no Bombarral, foi palco, na noite do passado sábado, do concerto “Música e Monumentos”, pela Banda de Música do Círculo de Cultura Musical Bombarralense.

banda