Q

Previsão do tempo

16° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 20° C
16° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 20° C
17° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 21° C

Candidata do PSD pelo distrito visita a Frutos

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Antes da entrega da lista candidata à Assembleia da República pelo círculo de Leiria, a primeira candidata do PSD, Margarida Balseiro Lopes visitou a Feira dos Frutos, nas Caldas da Rainha, no passado sábado.
Margarida Balseiro Lopes com a comitiva do PSD na Feira dos Frutos

“Leiria Precisa” será o slogan da sua campanha, que pretende “continuar a lutar pelos problemas que têm sido crónicos no nosso distrito mas também pelas dinâmicas próprias de um distrito empresarial onde a produção de riqueza deve ser uma prioridade”.

“A afirmação do distrito de Leiria” é o objetivo do programa eleitoral que o PSD apresentará em breve.

Na conversa que teve com o JORNAL DAS CALDAS na Feira dos Frutos, Margarida Balseiro Lopes elogiou o certame e falou do processo de formação da lista, marcado pela demissão do presidente e de dois vogais dos órgãos distritais do PSD por discordarem da “imposição de cerca de 50% dos candidatos em lugares elegíveis” por parte do líder do partido, Rui Rio.

JORNAL DAS CALDAS – O que lhe pareceu este certame?

Margarida Balseiro Lopes – Parece-me uma iniciativa extraordinária esta promoção do município. Não é a primeira vez que cá venho mas é sempre uma oportunidade de ver a variedade dos produtos da região com este cruzamento com a dimensão cultural, através dos concertos, e acho que é uma boa forma de trazer a população para um espaço ao ar livre onde se está muito bem, onde se passa um bom serão.

JC – Está tudo a postos para a pré campanha?

MBL – A pré campanha faz-se durante os quatro anos. Uma das críticas que as pessoas fazem é que os políticos só aparecem em época de eleições e é uma crítica que pelo menos ao PSD não poderá ser feita, porque estas visitas, estas reuniões, estes contatos com as pessoas, foi sendo feito ao longo dos quatros anos. É por isso que não estamos a vir pela primeira vez aos sítios, estamos a voltar a estas iniciativas que os concelhos também promovem.

JC – A vinda a esta feira teve então um objetivo eleitoral?

MBL – Procurámos falar com as pessoas e ouvir alguns reparos, críticas, e situações que não estão a funcionar bem. Só assim é que cumprimos o papel de representar as pessoas.

JC – Por falar em representação, em eleições anteriores Caldas da Rainha tem-se queixado de não estar bem representada. Este ano não terá essa razão de queixa, por ter pelo menos um candidato em lugar elegível…

MBL – Sim, o vice-presidente da Câmara, dr. Hugo Oliveira, é o número dois da lista, e acho que as Caldas está naturalmente muito bem representada.

JC – E já está sanado aquele período conturbado quando foi apresentada a lista, com a saída de alguns elementos dos órgãos distritais?

MBL – Os processos de elaboração das listas são sempre complicados. O processo de Leiria foi público que foi complexo e houve na sequência desse processo a demissão do presidente da Distrital. Mas isso é um episódio que está já resolvido e a prioridade que devemos ter é o de nos envolvermos na campanha e de apresentar aquele que é o nosso programa.

JC – Foi o presidente e os dois vogais que se demitiram da comissão politica distrital…

MBL – Fizeram questão de dizer que vão participar na campanha eleitoral e que teve apenas a ver com a questão do processo…

JC – E portanto sente que não vai ser afetada, que não vai perder apoio com estas saídas?

MBL – Vamos estar todos mobilizados para ganhar as eleições e para mostrar que há uma alternativa ao socialismo em Portugal e que essa alternativa é protagonizada pelo Partido Social Democrata.

JC – Qual é que será um bom resultado para PSD?

MBL – Há dois objetivos. O primeiro é ganhar as eleições e o segundo é o de reduzir a abstenção. Ainda agora nestas eleições europeias que tivemos em maio foi evidente uma abstenção na ordem dos 70% e eu acho que isto nos deve fazer tomar medidas, fazendo uma campanha a explicar quais é que são as nossas propostas e também ouvir aquelas que são as aspirações que as pessoas têm. Acho que deveria ser um objetivo de todas as campanhas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Ordenação sacerdotal do frei Márcio Carreira 

O frei Márcio Carreira, natural de Tornada, nas Caldas da Rainha, será ordenado padre no dia 3 de julho, pelas 16h00, na Igreja de Santa Maria de Belém, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa. No dia 17, pelas 15h30, celebrará a sua missa nova no adro da Igreja Paroquial de Tornada, seguida de jantar de partilha e de convívio no Grupo Desportivo Recreativo de Tornada, para o qual a população está convidada. 

frei

Grande Prémio de Atletismo “Corre Cadaval”

Realiza-se no dia 2 de julho a 1ª Edição do Grande Prémio de Atletismo “Corre Cadaval”, evento que se desdobra em Prova Juvenil e Prova de Honra, desenrolando-se em sistema de circuito na vila do Cadaval.

A-dos-Negros celebra 419 anos

A Junta de Freguesia de A-dos-Negros comemora no próximo domingo o Dia da Freguesia, assinalando o 419º aniversário.