Q

Previsão do tempo

12° C
  • Wednesday 12° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 15° C
12° C
  • Wednesday 12° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 15° C
12° C
  • Wednesday 12° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 15° C

Acusados de homicídio de empresário condenados a penas de prisão

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Uma mulher de 34 anos, o seu irmão, de 27, e a namorada deste, de 29, foram condenados na passada segunda-feira a penas de prisão entre os 12 anos e os 13 anos e 6 meses, pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver de um empresário de Caldas da Rainha.

José Noronha, de 55 anos, veio a ser descoberto enterrado no quintal de uma moradia em Alfeizerão que havia sido arrendada pelo arguido e namorada. O crime terá acontecido na noite de 11 de fevereiro de 2015, mas o corpo só foi encontrado quase um ano depois.

O coletivo de juízes do Tribunal de Leiria considerou que os arguidos não demonstraram “sentimentos de remorso, de arrependimento e de respeito pelo cadáver”.

A Nelson Paulino foi aplicada uma pena de 12 anos e 9 meses pelo crime de homicídio e 14 meses pelo crime de ocultação de cadáver. Em cúmulo jurídico, foi condenado na pena única de 13 anos e 6 meses. Patrícia Martins, agora ex-namorada, ficou com a pena única de 12 anos, que faz o cúmulo da condenação de 12 anos por homicídio e um ano por ocultação de cadáver.

Relativamente a Daniela Paulino, que tinha uma relação amorosa com a vítima, foi condenada a 12 anos pelo crime de homicídio, um ano pelo crime de ocultação de cadáver, um ano e 6 meses por falsificação de documento e dois anos por falsidade de depoimento. Em cúmulo jurídico, o tribunal aplicou a pena de 13 anos e seis meses.

Tendo em conta que o empresário tinha fita adesiva enrolada na cabeça, os pulsos e os tornozelos amarrados com braçadeiras e uma corda que amarrava os pulsos aos tornozelos, o coletivo de juízes ficou com a convicção de que o crime teve a participação dos três arguidos.

Segundo a PJ, havia um historial de agressões entre o empresário e a companheira, algumas das vezes envolvendo o irmão desta e a namorada, e que resultaram em várias queixas de violência doméstica.

Os arguidos encontravam-se em liberdade, depois de terem sido detidos a 5 de fevereiro de 2016. Os dois irmãos com apresentações diárias às autoridades policiais e a outra mulher apenas com termo de identidade e residência.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Seniores masculinos do Sporting das Caldas com dupla vitória

O Sporting Clube das Caldas (SCC) recebeu o Clube Kairós, dos Açores, em jogo atrasado da terceira jornada da segunda fase, série A2, do campeonato nacional, e venceu com alguma naturalidade a equipa açoriana, apesar de ter perdido o segundo set.

voleibol

Sérgio Leandro dirige Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar

Sérgio Leandro vai tomar posse como diretor da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) nesta quarta-feira, pelas 15h00, em Peniche, sucedendo a Paulo Almeida. A cerimónia contará com a presença do ministro do mar, Ricardo Serrão Santos.

sergio