Q

Previsão do tempo

16° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 25° C
16° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 27° C
16° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 31° C
24 acidentes na cidade desde 2017

Bloco de Esquerda vê aprovada proposta para aumentar segurança nas passadeiras

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Por proposta do deputado Arnaldo Sarroeira, do Bloco de Esquerda, a Assembleia Municipal das Caldas da Rainha, reunida a 26 de fevereiro, deliberou por unanimidade recomendar à Câmara a tomada de medidas para aumentar a segurança na circulação de peões, em especial nas ruas onde se registou maior incidência de atropelamentos.
Bloco de Esquerda quer travar sinistralidade

De acordo com um levantamento que o Bloco de Esquerda fez junto da PSP, durante os anos 2017 e 2018 ocorreram 19 acidentes em passadeiras nas Caldas da Rainha (seis na Rua Vitorino Fróis, três na Avenida General Pedro Cardoso, dois na Avenida Adelino Mamede de Oliveira, na Rua Professor Manuel José António e na Rua Capitão Filipe Sousa, e um na Rua Diário de Notícias, Rua Adelino Mamede de Oliveira, Rua Dr. Vieira Pereira e Rua Maestro Carlos Silva.

Oito das pessoas atropeladas tinham mais de 65 anos.

“Este ano, durante o mês de janeiro, já foram atropeladas cinco pessoas. No dia 1 de janeiro, foram dois jovens na Praça de Fruta, e a meados do mês, outros dois na rua Vitorino Fróis junto aos Silos. Em ambos os casos em passadeiras onde resultaram feridos ligeiros. O outro atropelamento foi a 28 de Janeiro junto ao centro de saúde, também na passadeira, e neste caso a senhora ficou gravemente ferida”, descreveu Arnaldo Sarroeira.

“Verifica-se no geral que as passadeiras se encontram em mau estado de conservação, isto é, as pinturas de algumas das faixas das passadeiras são mesmo inexistentes, pois a tinta já desapareceu totalmente com a passagem dos carros. A Rua Vitorino Fróis é a que apresenta passadeiras em pior estado de conservação, sendo também a que apresenta o maior número de atropelamentos, o que pode indiciar uma correlação entre estes dois parâmetros. Segundo informação obtida junto da PSP, entre 2015 e 2019, houve dez atropelamentos nesta rua, nove dos quais em passadeiras”, indicou.

A proposta do BE visa a obtenção de aconselhamento junto da PSP e do Instituto da Mobilidade e Transportes de forma a produzir um plano de intervenção para melhorar a visibilidade das passadeiras e reduzir a velocidade de circulação de trânsito na sua proximidade.

Defende também que sejam ponderadas, além de outras hipóteses de intervenção, a possibilidade de limitar a velocidade máxima dos veículos a 30Km/h na proximidade das escolas, serviços de saúde e comércio local, o reposicionamento e reforço de alguma sinalética em proximidade às passadeiras e a implementação de mais lombas sobrelevadas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Candidata da Iniciativa Liberal em piquenique no Parque D. Carlos I

Ana Martins, candidata da Iniciativa Liberal (IL) às eleições europeias, participou num piquenique no Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha, onde manifestou que o país “podia ter feito muito mais com os fundos europeus que recebeu”.

Iniciativa Liberal 1

Composição de dança ganhou o 1º prémio do “Toma Lá Talento”

Martim Codinha, aluno no Colégio Rainha D. Leonor, conquistou o 1º lugar na final concelhia do concurso "Toma Lá Talento” com uma composição de dança.
O 2º lugar foi para Martim Marques, da Escola Secundária Rafael Bordalo, no domínio da guitarra.
A 3ª classificação foi para a dupla Marie e Anne, também da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, com cântico e guitarra.

talento 1