Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 22° C
18° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 23° C
18° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 25° C

Adega da Vermelha abre loja na própria sede

Mariana Martinho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Conhecida por ser uma grande referência na região, bem como no país, no setor da produção vinícola, a Adega Cooperativa da Vermelha, no concelho do Cadaval, decidiu apostar na abertura de um novo espaço comercial, na própria sede, onde além de todas as referências vínicas do produtor é possível encontrar outros sabores regionais. Aberto todos os dias das 8h30 às 18h30, representa “mais um passo no novo posicionamento da marca”.

Nos últimos anos a adega fundada em 1962 tem vindo a modernizar-se e este novo espaço “é mais um passo nesse processo”. Quem o disse foi o presidente da Adega Cooperativa da Vermelha, Rui Soares, na passada sexta-feira, durante a abertura da nova loja ao público.

No interior a loja é dividida em duas zonas. Uma nos tons de cinzento e madeira onde estão expostos os diversos vinhos, em secções, desde os icónicos vinhos leves, dos quais resultam os “Mundus”, até aos tintos, rosés, frisados, espumantes, aguardentes e sangria em garrafa. Além disso tem uma secção dedicada aos produtos regionais, como as compotas de maçã reineta, pera rocha artesanal e ginja, ou então, as bolachas de maçã e canela e broas de mel.

De acordo com o responsável, “estes produtos resultam de parcerias com empresas locais, que queremos continuar a fomentar, pois são mais um complemento aos nossos vinhos”.

Numa segunda zona, de design mais distinto, com cadeiras e mesas nos tons de bege, está o espaço onde “os mais apreciadores podem provar os nossos vinhos, acompanhados de uma breve explicação do nosso enólogo”. Além disso, a loja disponibiliza um espaço exterior, com um deck em madeira, onde será possível a partilha social entre visitantes.

A loja ainda possui na cave um espaço dedicado aos “momentos mais solenes”, como as reuniões e assembleias gerais, tendo capacidade até 130 lugares sentados.

Para o presidente da Adega, o “novo espaço representa a realização de um desejo de há muitos anos, por parte dos associados e da adega, pois queríamos ter aqui um local mais agradável, onde pudéssemos receber os nossos clientes e dignificar a imagem da própria adega em si”.

Até agora, a cooperativa só comercializava os produtos num “espaço um pouco arcaico que tínhamos aqui”, em que as pessoas tinham de deslocar-se aos escritórios para pagar, e só depois é que podiam levar os produtos. “Não era porque desconfiávamos das pessoas, mas sim porque o espaço era muito limitado e não tinha condições para ter lá tecnologias informáticas”, esclareceu o presidente.

Além disso sublinhou que estava “desatualizado visualmente” e “era frustrante não ter um espaço onde pudéssemos conviver e mostrar aquilo que temos”.

Nesse sentido, no ano passado a cooperativa decidiu “avançar mais objetivamente com a construção deste showroom”.

“Agora sim temos um espaço mais agradável para vender os nossos produtos e receber os nossos associados, e possíveis clientes“, referiu Rui Soares.

Esta adega, além dos vários prémios adquiridos e da exportação “praticamente para o mundo inteiro”, mas com maior destaque nos mercados da Ásia (China e Macau), Europa (Rússia e Polónia), África (todos os países de língua oficial portuguesa) e América (EUA e Brasil), também aposta no ecoturismo e enoturismo. Esta nova loja também vai contribuir para fomentar ainda mais esses estores, bem como as visitas guiadas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Filipe Rebelo revalida título de tricampeão regional +35

Filipe Rebelo, do Clube de Ténis das Caldas da Rainha, revalidou o título de tricampeão regional alcançado em 2023, ao vencer as provas de singulares, pares masculinos e pares mistos, no escalão +35, no campeonato regional de veteranos disputado no Clube Escola de Ténis e Padel de Leiria.

filipe

Mercado Medieval aposta na animação

Mais de 40 grupos de música medieval, teatro imersivo, animação histórica, palestras e muita gastronomia marcam uma nova edição do Mercado Medieval de Óbidos, que este ano, com o tema “Entre Rosas e Espinhos”, arranca no dia 18 de julho, decorrendo ao longo de dez dias.

Mercado