Q

Previsão do tempo

13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 13° C
  • Sunday 16° C
13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 16° C
13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 17° C

Apreendidos 13 cães de raça potencialmente perigosa e 40 aves furtadas

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Núcleo de Proteção Ambiental de Caldas da Rainha da GNR, com o apoio do posto de São Martinho do Porto, apreendeu 13 cães de raça potencialmente perigosos e recuperou 40 aves furtadas, entre os dias 22 e 24 de novembro, nas localidades de Moita – Marinha Grande e Maceira – Leiria.
Aves recuperadas

No âmbito de uma investigação por furto de aves, ocorrido em novembro, nas localidades de São Martinho do Porto e Porto de Mós, foram realizadas duas buscas não domiciliárias, culminando na identificação de um homem.

O suspeito furtava as aves que se encontravam em espaços exteriores às residências, nomeadamente varandas e anexos. Foram recuperados 32 periquitos ingleses, seis caturras e dois papagaios “amazona aestiva”, tendo sido restituídos aos legítimos proprietários.

Na sequência das diligências efetuadas nos locais alvo de busca foram ainda detetadas outras infrações, resultando na apreensão de 13 cães de raça pitbull, por criação/reprodução de raça potencialmente perigosa fora de centros de hospedagem e sem licença de funcionamento emitida pela Direção Geral de Alimentação e Veterinária.

Foram apreendidas 14 aves por falta de registo para detenção de espécies exóticas: periquitos red rumped “psephotus haematonotus”, periquitos-cabeça-de-ameixa “psittacula cyanocephala”, aratingas jandaya, papagaios amazona amazónicos, periquito moustache e agapornis fischeri.

Dez aves tinham falta de registo de criador de espécies integradas na lista da Convenção de Berna, nomeadamente da fauna europeia: pintassilgos “Carduelis Carduelis”; bicos-de-lacre “Estrilda Astrild” e verdilhão “Chloris chloris”.

Outras cinco aves foram apreendidas por detenção de espécies cinegéticas sem devida autorização do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, nomeadamente um tordo malhado e quatro faisões.

No total da ação foram elaborados cinco autos de notícia por contraordenação pelas infrações e por falta de título de exploração agrária.

O suspeito, de 23 anos, foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Iluminação natalícia desaba

O mau tempo terá estado na origem da queda de postes de iluminação natalícia nas Caldas da Rainha, na noite desta quarta-feira. Um carro sofreu danos assim como os vidros de um prédio.

20221208 001341

Festival das Sopas ajuda jovens

O I Festival das Sopas vai realizar-se no Centro Paroquial de Salir de Matos, nas Caldas da Rainha, no dia 18 de dezembro,pelas 13h. O evento contará com sopa da pedra, sopa de peixe, sopa de legumes e canja. Também haverá petiscos, filhós, café da avó...

Idosos com festa de natal no Nadadouro

Os utentes do cartão municipal do idoso nas Caldas da Rainha têm uma festa de natal no dia 15 de dezembro, pelas 12h, naAssociação Cultural e Recreativa do Nadadouro. As inscrições são obrigatórias até dia 12, na junta de freguesia da área de residência ou ao...