Q

Previsão do tempo

13° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 17° C
14° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 18° C
14° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 18° C

Centro Social Paroquial – 25 anos das atuais instalações

Rui Calisto - Presidente da Associação de Pais do 1º Ciclo do Centro Social Paroquial de Caldas da Rainha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O dia 30 de outubro foi de emoção para todas as pessoas presentes nas instalações do Centro Social Paroquial de Caldas da Rainha. Um dia de evocação e de reverência a todos aqueles que ajudaram a construir esse edifício de solidariedade e de amor.
Rui Calisto

E são muitos os que devem ser homenageados, desde o autor da ideia, até quem esboçou o primeiro traço do projeto, como também, os cidadãos que assentaram os tijolos e levantaram as paredes, passando por todos os que estiveram na composição das suas sucessivas direções, bem como das responsáveis e cuidadoras do Lar de Idosos, das educadoras da Creche/Infantário, das professoras e da direção pedagógica do 1º Ciclo, das encarregadas do CATL, de todos os auxiliares em todas as valências, e das senhoras que, com um brio e dedicação incalculáveis, são responsáveis pela cozinha e tratam das refeições de todos os utentes e funcionários.

O Centro Social Paroquial de Caldas da Rainha é, sem dúvida, uma Casa de Deus, vocacionada para o bem comum e que, merecidamente, neste dia, recebeu as benfazejas palavras de Sua Excelência, Manuel Clemente, Cardeal Patriarca de Lisboa, que, em louvada celebração da Eucaristia, abençoou os 25 anos de existência daquele sublimado edifício.

Quando, no dia 30 de outubro de 1993, o Centro Social Paroquial de Caldas da Rainha inaugurou as instalações que atualmente ocupa, ninguém poderia supor que chegasse, 25 anos depois, a esta florescência. Estão, portanto, de parabéns, todos os envolvidos.

A Associação de Pais dos alunos do 1º Ciclo (Colégio Nossa Senhora de Fátima), como não poderia deixar de ser, junta-se às comemorações, desejando que muitas décadas se sobreponham, e que a alegria continue a ser superior à dor; que permaneça a valorização de utentes e funcionários; que a “Casa Cor-de-Rosa” se mantenha como uma instituição diferente e diferenciada no nosso concelho; e que os valores, pelos quais se rege permaneçam os mesmos que têm orientado todo o seu labor.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Mulher morre atropelada por carro

Um atropelamento ocorrido nesta quinta-feira, às 20h50, na reta do Alto do Veríssimo, em Atouguia da Baleia, no concelho de Peniche, provocou uma vítima mortal e um ferido grave, ambos na casa dos 60 anos.

estrada

Iluminação natalícia desaba

O mau tempo terá estado na origem da queda de postes de iluminação natalícia nas Caldas da Rainha, na noite desta quarta-feira. Um carro sofreu danos assim como os vidros de um prédio.

20221208 001341