Q

Previsão do tempo

14° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 16° C
14° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 16° C
15° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 17° C

A vacina contra a gripe

Miguel Miguel

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Todos os anos por esta altura, inicia-se a vacinação contra a gripe, mas associada a esta, surge também a dúvida do ser ou não ser vacinado. É importante por isso esclarecer um pouco sobre esta vacina.
Miguel Miguel, enfermeiro especialista

Tal como as outras vacinas, a vacina contra a gripe é uma preparação de antigénios (microorganismos completos, mortos ou atenuados, ou fragmentos), que quando administrada num indivíduo induz uma resposta imunitária protectora específica em relação ao microrganismo que a vacina contém. Ao desencadear a resposta imunitária, é como se o indivíduo tivesse sido realmente infectado pelo microrganismo, desenvolvendo assim defesas imunitárias. Quando existir contacto real com o microrganismo, o corpo já sabe como se defender, muitas vezes nem chegando a adoecer.

As vacinas são por isso uma forma de prevenção para muitas doenças actualmente evitáveis, sendo a gripe, uma delas.

A gripe é uma doença respiratória, provocada pelo vírus da gripe (vírus influenza) e que transmite-se facilmente de indivíduo para indivíduo através das gotículas emitidas com a tosse ou os espirros. A inalação dessas gotículas através do nariz ou garganta permite a entrada do vírus no organismo, onde destrói a membrana mucosa do tracto respiratório e infecta as células. Como principais sintomas salienta-se: febre elevada, arrepios, dor de cabeça e muscular, garganta inflamada, nariz entupido e tosse seca.

A principal medida de prevenção da gripe é a vacinação, que deve ser repetida anualmente, especialmente nos grupos prioritários, nomeadamente pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, doentes crónicos e imunodeprimidos, com 6 ou mais meses de idade, grávidas com tempo de gestação superior a 12 semanas, profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados.

A vacina contra a gripe é gratuita para pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, indivíduos residentes em lar de idosos, internados em unidades de cuidados continuados integrados, em hospitais do Sistema Nacional de Saúde, com apoio domiciliário, entre outros. Está disponível nos centros de saúde, não necessitando de receita médica ou guia de tratamento para ser administrada. Para as pessoas não incluídas nos grupos abrangidos pela vacinação gratuita, a vacina é disponibilizada nas farmácias, nos mesmos moldes das épocas anteriores, através de prescrição médica. Para além dos grupos prioritários enunciados anteriormente, a Direção Geral de Saúde recomenda a vacinação às pessoas com idade entre os 60 e os 64 anos.

A vacina deve ser administrada durante todo o outono/inverno, de preferência até Dezembro. Pelo facto do vírus sofrer alterações frequentes que o transformam num organismo diferente, a vacinação deve ser repetida anualmente. A vacina da gripe para a época 2018/2019 é uma vacina trivalente, ou seja, previne a gripe causada por três tipos de vírus diferentes.

Sendo a vacina contra a gripe a melhor forma de prevenção, não hesite em vacinar-se e lembre-se que apostar na prevenção é ganhar qualidade de vida!

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

La Vie prepara chegada do natal

No âmbito da campanha de natal que decorrerá até dia 23 de dezembro, o La Vie Caldas da Rainha tem um vasto programapreparado. No dia 8 de dezembro pelas 15h00, o Pai Natal vai chegar ao La Vie com o Grupo Motard São Rafael. Traz consigo váriosamigos, entre eles o...

Gaeiras reúne setenta artistas e mil presépios

De 8 a 25 de dezembro vai decorrer, no Convento de São Miguel, nas Gaeiras, a 15a Grande Exposição de Presépios. Duranteestes dias, de quinta a domingo, entre as 14 e as 19 horas, poderão ser vistos cerca de mil presépios de 70 artistas de váriospontos do país....

Venda de presépios com fins solidários

No âmbito do tema aglutinador do Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas D. João II “Ser solidário”, e de forma a desenvolver nos alunos o espírito de solidariedade, a interajuda e a cooperação, a reflexão sobre valores e a sensibilidade de olhar para os outros respeitando-os e poder contribuir para melhorar a comunidade, surgiu o projeto “Ser Solidário é DÊ.MAIS”, a envolver as turmas B e F, do 5.ºano de escolaridade, da Escola Básica D. João II das Caldas da Rainha

venda