Q

Previsão do tempo

13° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
13° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
13° C
  • Wednesday 11° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C

Produtos com ginja em festival na Amoreira

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A freguesia de Amoreira, em Óbidos, foi palco no passado fim-de-semana do Festival da Ginja. Para além do apreciado licor, havia produtos como bolos, doces, gelados e até pastéis de bacalhau e chouriço com ginja.
António Faria, da Ginja do Tó-Zé

O fruto é uma mais-valia da Amoreira. “É um produto caraterístico da região e este festival serve para incentivar os produtores locais”, afirmou Vanessa Rolim, presidente da junta de freguesia.

Como ir a Óbidos e não provar a ginjinha é como ir ao Vaticano e não ver o papa, a bebida é o produto derivado mais conhecido. Cada produtor tem a sua fórmula. João Simão, da Ginjinha Porta 7, contou que “o fruto é igual em todo o Portugal mas a maneira de confecionar em Óbidos é diferente”.

Quem faz ginjinha aproveita para mostrar outras aplicações do fruto. Marco Henriques, da Vila das Rainhas, descreveu que para além do licor, “o pé da ginja é reaproveitado para secagem e fazemos chá. Temos doce, biscoito, bolacha e pastel de nata de ginja, produtos todos naturais”.

“Temos sonhos, queijadinhas, bolo de chocolate com doce de ginja e também pastéis de bacalhau com ginja”, indicou Rosa Horta.

Joana Rodrigues, da Licofrutos, revelou que “temos doce extra de ginja, que é a ginja inteira em calda de açúcar e só se tira o caroço”. Com o licor “ganhámos este ano medalha de ouro no concurso nacional de licores e três estrelas no Great Taste em 2017”.

O crescimento da procura e até já exportação leva a quem tenha começado fazer ginja caseira por passatempo pense agora em comercializar, como é o caso de António Faria, da Ginja do Tó-Zé. “É uma ginja boa e é isso que eu penso fazer, para ver ser consigo ganhar uns trocos, porque a vida não está fácil”.

Os visitantes do Festival da Ginja que provaram algumas das iguarias ficaram deliciados. “Dá vontade de beber mais mas não se pode abusar”, comentou um dos participantes na festa.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Peão Cavalgante/Arneirense no Torneio de Xadrez Centenário

Realizou-se no Sport Operário Marinhense, na Marinha Grande, no passado dia 29, o Torneio de Xadrez Centenário, onde António Policarpo foi o único representante da Associação Peão Cavalgante/Arneirense, das Caldas da Rainha. Participaram 80 jogadores com o ritmo de...

xadrez

Festival das Sopas

O Sport Clube Escolar Bombarralense vai organizar na sua sede a sexta edição do Festival das Sopas, nos dias 11 de fevereiro, das 18h às 23h, e 12 de fevereiro, das 12h às 16h. Haverá variadas sopas para degustar. As crianças dos 5 aos 10 anos pagam quatro euros e...

Exposição sobre José Saramago no CCC

O STAL - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins associou-se ao centenário de nascimento do Prémio Nobel da Literatura José Saramago, através de uma exposição com a chancela da Fundação José...

saramago