Q

Previsão do tempo

20° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 24° C
20° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 24° C
21° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 26° C

Exposição de Máscaras do Oriente

Isabel Alves Pinto

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Até ao dia 2 de abril poderá ser visitada no museu José Malhoa, em Caldas da Rainha, uma exposição de Máscaras do Oriente, com a curadoria do professor Amílcar Martins, que é uma viagem de encantamento que nos convida a partir em destinos “de liberdade e de busca de encontros com o nosso mundo de diversidades”.
Mostra no Museu Malhos

As peças desta mostra fazem parte da coleção do Museu do Brincar, situado em Vagos, e são essencialmente fruto de uma doação que Amílcar Martins, em 2017, decidiu fazer àquele Museu, por entender que era o lugar próprio para, nas suas palavras, “lhes darem vida e as partilharem com as comunidades que as desejem fruir e conhecer”.

Esta exposição foi inaugurada no mês de novembro na Universidade Aberta de Lisboa, onde o professor leciona, já passou por algumas cidades e pretende continuar a sua trajetória de itinerância por vários lugares do mundo.

É neste âmbito que se insere a sua passagem por Caldas da Rainha, onde, na vernissage que aconteceu no dia 11 de março, tanto o curador Amílcar Martins como Jackas, membro da direção do Museu do Brincar, procuraram transformar aquela exposição em mediadora de um discurso museológico pujante de acessibilidade inclusiva, através de uma construção artística, capaz de induzir o desejo de conhecimento de outros lugares, de outros povos, e de outras sensibilidades estéticas que connosco partilham a vivência na terra.

Naquela tarde, no Museu José Malhôa, uma plateia atenta pôde seguir a revelação de histórias, cujo epicentro da construção narratológica foi a temática do drama oriental, contadas por aqueles dois artenautas e histórianautas (como gostam de dizer), que, através do uso de uma comunicação cénica e performativa, convidaram o público presente a entrar num longínquo e curioso universo.

Às histórias do Oriente juntou-se a música do Conservatório das Caldas da Rainha, com um solo de Clarinete por Ana Rita Sousa e um dueto de violino interpretado por Catarina Medalha Oliveira e Cristina Barreiro.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Obras arrancam em setembro no Centro de Saúde de Óbidos

Foi assinado no dia 10 de agosto, no Centro de Saúde de Óbidos, o auto de consignação da requalificação da unidade de saúde. Trata-se de um investimento de 473.991,83€ (acrescido do valor do IVA) e com um prazo de construção de dez meses. A cerimónia contou com a presença do executivo municipal de Óbidos, do diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Norte, João Gomes, e de João Soares, gerente da Sunever Engenharia, Lda, empresa que vai realizar a obra.

centro

Nadadouro com nove dias de animação

De 29 de julho a 6 de agosto realizou-se no Nadadouro, nas Caldas da Rainha, a festa em honra de Nossa Senhora do Bom Sucesso, habitualmente uma das iniciativas mais concorridas fora da sede do concelho.

animacao

Lavadouro embelezado

A Junta de Freguesia do Nadadouro requalificou o lavadouro, construído em 1980, e transformou-o num verdadeiro tributo às lavadeiras da localidade.

lavadouro