Q

Previsão do tempo

20° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 28° C
20° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
21° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 36° C
  • Saturday 33° C

“Catter” – organização sem fins lucrativos ajuda carenciados

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“Catter” é como se designa a organização sem fins lucrativos de cariz social que inaugurou as suas instalações nas Caldas da Rainha no passado dia 10. Trata-se de um espaço solidário para dar resposta às necessidades das famílias mais carenciadas com a partilha e troca produtos não alimentares.
Anabela Patrício e Hute Sousa criarem a “Catter”

O novo espaço recebe e doa gratuitamente aos carenciados vestuário, acessórios, calçado, equipamento doméstico e eletrodomésticos, mobiliário, brinquedos, entre outros. Destaque para o “Kit bebé Catter” para a maternidade, com tudo o que uma mãe precisa para o recém-nascido.

A origem da “Catter” assenta numa paixão pela solidariedade para com “as pessoas que mais necessitam”. Foi a partilha deste sentimento que levou duas amigas, Anabela Patrício e Hute Sousa, envolvidas em serviços de voluntariado, a empenharem-se na criação desta organização. “As pessoas começam a ter consciência de que aquilo de que já não precisam pode ter utilidade para outras pessoas”, disse Anabela Patrício, revelando o vasto número de produtos que já foram doados à organização desde a abertura da sede, na Rua 15 de Agosto, 75 B.

“A maior parte são bens usados, mas em bom estado”, disse Anabela Patrício.

A “Catter” “já ajudou mais de 50 pessoas” e a tendência é a de que o número cresça, disse a responsável pelo espaço.

O apoio que este espaço presta também às grávidas mais carenciadas, através da entrega de peças de roupa, carrinhos de bebé e artigos de puericultura, “é importante para responder à procura”.

O objetivo é criar uma base de dados com as pessoas que precisam de produtos, mas com o maior “sigilo”. Segundo a responsável, existe “muita pobreza escondida, que são as pessoas que têm vergonha de mostrar que estão a passar por dificuldades financeiras”. “Aqui somos o mais discretos possíveis e queremos fazer a triagem e entregar roupa ou outro tipo de produto a quem precisa”, referiu, acrescentando que “depois há outro trabalho que é falar com as pessoas e poder encaminhá-las para outras instituições”, contou Anabela Patrício.

O objetivo mais tarde de Anabela e Rute é criar uma associação com o nome “Catter”, que teve origem da união dos nomes das suas filhas, Catarina e Teresa.

A organização já tem uma mascote a “nossa Catter (boneca de pano)”, feita por Ema Brás.

A “Catter” foi inaugurada no passado dia 10 e contou com a presença da vereadora Maria João Domingos e do presidente da União de Freguesias de Santo Onofre e Serra do Bouro, Jorge Varela. A cerimónia inaugural recebeu também a visita de vários amigos que apoiam o trabalho solidário das fundadoras.

Está a funcionar num espaço que foi cedido gratuitamente e para já está aberto às segundas e quartas-feiras, das 15h00 às 17h00. Quem quiser contribuir com bens (exceto alimentares), pode entregar diretamente na loja. As responsáveis também fazem a recolha ao domicílio se for necessário.

A organização tem uma página no Facebook onde Anabela e Hute podem ser contatadas, ou então pelo tlm. 911559780.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Vereador contra “duplicação de subsídios”

O vereador do PS na Câmara Municipal das Caldas da Rainha está contra a atribuição de verbas à ADIO – Associação para o Desenvolvimento Industrial do Oeste para fazer face a despesas com eventos na Expoeste, alegando que “já beneficia de uma comparticipação...

Recriação histórica e noite de fados

No passado dia 6 realizou-se uma recriação histórica e noite de fados, tendo como cenário os lavadouros da freguesia do Vau, no concelho de Óbidos. A recriação histórica ficou a cargo do Rancho Folclórico e Etnográfico Estrelas do Arnóia, da Sancheira Grande,...

vau