Q

Previsão do tempo

10° C
  • Sunday 11° C
  • Monday 15° C
  • Tuesday 16° C
10° C
  • Sunday 11° C
  • Monday 15° C
  • Tuesday 17° C
10° C
  • Sunday 12° C
  • Monday 15° C
  • Tuesday 17° C

Caldas Street Food Festival já começa a ser falado no estrangeiro

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A avenida 1º de Maio, nas Caldas da Rainha recebeu de 8 a 10 de dezembro a terceira edição do Caldas Street Food Festival, que juntou mais de 20 conceitos gastronómicos diferentes. Uma novidade, no festival que já é mencionado na Europa e nos EUA, foi a participação de carrinhas estrangeiras.
Filipe Pereira, João António e Maria João Botas (organizadora)

O Caldas Street Food Festival é um festival muito natalício, rodeado da iluminação e a poucos metros daárvore de Natal mais brilhante de Portugal, instalada na Praça 25 de Abril.

Comer bem, na rua, é já uma tendência em Portugal que está a ganhar cada vez mais seguidores. Caldas da Rainha não é exceção e apesar da ameaça de chuva milhares de pessoas, nomeadamente estrangeiros, aderiram ao festival e provaram as iguarias de todo o mundo preparadas com rigor nos “food trucks”. Além da comida de rua, também as decorações das carrinhas e a animação musical captaram a atenção dos visitantes.

A nível nacional, o festival que decorre nas Caldas da Rainha é considerado um dos melhores do país e é já comentado pela Europa, principalmente em Espanha, França, Alemanha, Itália e EUA.

Ao todo foram 20 carrinhas de comida de rua. A maioria foram “food trucks” nacionais, mas com petiscos de vários países.É o caso do Burrito Burracho do México com burritos, Snak’s & Shake, com arenas venezuelanas, o Pirata com espetadas gregas, o Icó Tapioca do Brasil com Tapioca de vários sabores e recheios ou o Chicken and Chips com galinha frita dos Estados Unidos da América.

Uma novidade foi a participação de carrinhas estrangeiras. Juntaram-se ao festival, La Pirulina, crepes e cupcakes, o Baden Baden, com salsichas alemãs, La Pulponeta, com a famosa hambúrguer de polvo, e o Wendy’s BB, com churrasco americano.

Foi a primeira vez do Baden Baden em Portugal e a experiência foi “espetacular”. Apesar de representarem a Alemanha com as diferentes salsichas, são oriundos de Espanha e ficaram “encantados com este festival e se nos aceitarem estamos cá para o ano”, disseram Sérgio e Helena.

Os responsáves pelo food truck Kurtoskalacs são de Odivelas (Lisboa) mas a comida é da Hungria (Bolo Kurtos). “Todo o equipamento da roulotte vem da Hungria e tivemos lá formação”, relatou Sandra Lopes, adiantando que em Portugal já adaptaram o doce para o salgado, fazendo sandes “simplesmente maravilhosas”. Sandes de bifana e salmão fumado são as que têm mais saída. Destacou ainda a simpatia de Maria João Botas (organizadora), que “dinamiza este festival de uma forma muito profissional e tem sempre o cuidado de ver se estamos bem”.

Outra novidade desta edição do Caldas Street Food Festival foram três momentos de showcooking no “food truck”. O primeiro foi com os responsáveis do “Gramas com Sabor”, o segundo com Paulo Santos do Beco do Forno e o terceiro dinamizado pelo espaço Marta’s Place.

Houve proprietários caldenses que também marcaram presença no Caldas Street Food. Foi o caso da Eusébio’s Hamburgueria e Marta’s Place/Tapas&Larachas e a pastelaria Cha Mel.

Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS a caldense Maria João Botas destacou o sucesso da terceira edição do Street Food Caldas, sublinhando que “está para ficar e continua em crescimento”. “É o primeiro ano que nos apercebemos que este festival já é falado pela Europa e também nos EUA”, referiu a responsável, que desde que organizou o primeiro festival nas Caldas se tem dedicado a levar o street food a vários pontos do país.

Segundo a caldense, a organização de um evento deste género tem uma logística grande e tudo “tem que estar perfeito para que os “food trucks” tenham todas as condições para poder trabalhar”. Elogiou o papel e apoio da Câmara na organização do evento. “As autarquias começam a abrir-se um pouco mais àstreet foode a entender que traz dinâmica à cidade e mexe com a economia local”, referiu Maria João Botas.

A organizadora do Caldas Street Food Festival é designer e ganhou o concurso do layout do pastel Bordalo. Tem alguns food trucks espalhados pelo país que desenhou. “Faço toda a imagem do food truck”, revelou, acrescentado que “há um critério rigoroso para se poder entrar no festival”. Todos os anos recebe centenas de inscrições, mas os critérios para participar são “imagem, produto/qualidade e simpatia”.

O Caldas Street Food Festival é uma iniciativa de Maria João Botas em conjunto com a Câmara das Caldas e a Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste. O evento esteve animado todos os dias. No domingo terminou mais cedo por causa da tempestade “Ana”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Bebé em paragem cardiorrespiratória socorrida no Bombarral

Uma bebé de quatro meses foi socorrida no Bombarral por se encontrar em paragem cardiorrespiratória, tendo sido mobilizados diversos meios para a ocorrência, que culminou com o transporte da criança para o hospital de Santa Maria, em Lisboa.

bebe

“RBmoda”, nova loja de moda masculina na Rua das Montras

Abriu no passado sábado mais um espaço dedicado à moda masculina em Caldas da Rainha, a RBmoda, que pertence aogrupo Rebelequation Lda, que já detém a loja de marca portuguesa de moda feminina Ferrache. A nova loja de moda masculina situada em plena Rua das...

ferrache1