Q

Previsão do tempo

11° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 17° C
11° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 17° C
11° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 17° C

Assadores de barro e produtos de outono voltaram a invadir a Praça da Fruta

Mariana Martinho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Cerca de 150 quilos de castanhas assadas nos 10 fogareiros de barro foram oferecidos ao público presente no Magusto de São Martinho, que foi assinalado nas Caldas da Rainha, no passado sábado, ao final da tarde. Ao mesmo tempo, decorreu mais uma edição do Mercado Cria, com a venda de produtos do outono, como licores, frutos secos e ervas aromáticas.
Foram assados 150 quilos de castanhas

Desta vez, as condições meteorológicas favoreceram as brasas dos assadores de barro da iniciativa intitulada “Usos e Costumes do São Martinho nas Caldas da Rainha”, promovida pelo Museu do Ciclismo na Praça da Fruta, em parceria com a Câmara das Caldas. Por volta das 19h começaram a aquecer-se os fogareiros de barro e a assar as primeiras castanhas, que foram oferecidas à população, com vendedores e vendedoras a envergarem trajes antigos.

Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS, Mário Lino manifestou que a iniciativa é para “continuar ao longo dos anos, uma vez que assinalar o São Martinho está ligado à nossa história e etnografia”.

Além dos assadores de castanhas e da água-pé, também invadiu a Praça da Fruta, em simultâneo com a iniciativa do Museu do Ciclismo, o Mercado Cria dedicado aos “Licores, frutos secos e ervas aromáticas”. Esta iniciativa, realizada mais uma vez pelo Gabinete de Eventos da Câmara Municipal de Caldas da Rainha, contou com a presença de 30 bancas ao nível do artesanato, dos licores e da gastronomia, como os frutos secos, as broas e as batatas-doces, sendo “todos ligados ao dia de São Martinho”.

A ideia por detrás desta edição, segundo Vânia Ferreira, da Câmara das Caldas da Rainha, é “ligar os produtos a uma temática, não numa única vertente mas a todo o tipo de criatividade dos participantes”.

No mercado podiam-se provar diversos produtos como licores, cerveja tradicional, bolachas, bolos, mel, broas, ginja e doces típicos das Caldas. Estiveram também presentes bancas ligadas ao artesanato e à bijutaria. Apesar do “azar que tivemos no ano passado com o cancelamento dos mercados cria” por questões meteorológicas, este Mercado Cria é o primeiro este ano que é organizado pela Câmara Municipal, por isso, “estamos muito contentes com o número de inscritos e com os produtos de qualidade que temos, num dia em que tudo está acontecer ao mesmo tempo”.

A iniciativa contou com a presença de elementos dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha. Segundo Vânia Ferreira, quem comesse castanhas podia, se quisesse, oferecer um donativo aos soldados da paz.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

La Vie prepara chegada do natal

No âmbito da campanha de natal que decorrerá até dia 23 de dezembro, o La Vie Caldas da Rainha tem um vasto programapreparado. No dia 8 de dezembro pelas 15h00, o Pai Natal vai chegar ao La Vie com o Grupo Motard São Rafael. Traz consigo váriosamigos, entre eles o...

Gaeiras reúne setenta artistas e mil presépios

De 8 a 25 de dezembro vai decorrer, no Convento de São Miguel, nas Gaeiras, a 15a Grande Exposição de Presépios. Duranteestes dias, de quinta a domingo, entre as 14 e as 19 horas, poderão ser vistos cerca de mil presépios de 70 artistas de váriospontos do país....

Venda de presépios com fins solidários

No âmbito do tema aglutinador do Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas D. João II “Ser solidário”, e de forma a desenvolver nos alunos o espírito de solidariedade, a interajuda e a cooperação, a reflexão sobre valores e a sensibilidade de olhar para os outros respeitando-os e poder contribuir para melhorar a comunidade, surgiu o projeto “Ser Solidário é DÊ.MAIS”, a envolver as turmas B e F, do 5.ºano de escolaridade, da Escola Básica D. João II das Caldas da Rainha

venda