Q

Previsão do tempo

12° C
  • Sunday 12° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 12° C
12° C
  • Sunday 12° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 12° C
12° C
  • Sunday 12° C
  • Monday 15° C
  • Tuesday 12° C

Reações nas Caldas a cânticos de claque portista

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O FC Porto jogou com o Benfica na quarta-feira em andebol. Cânticos da claque Super Dragões tornaram-se polémicos: "Quem me dera que o avião da Chapecoense fosse do Benfica".
Nilo Traesel foi presidente da Chapecoense em 1995/96. Vive nas Caldas da Rainha.

Em comunicado, a direção da Chapecoense manifestou “profundo pesar” pelos cânticos entoados pela claque portista, que entende conterem uma “referência ofensiva” ao acidente do voo fatal para a equipa brasileira em novembro do ano passado, havendo “desrespeito à memória dos mortos”.

O clube considera que os cânticos são “agressivos” e “não são próprios de pessoas de bem e do meio desportivo, que deve ser de respeito ao adversário e não de propagação de ódio”.

“No futebol, como em qualquer disputa no campo desportivo, deve-se sobrepor o primado da ética e da solidariedade humanas”, sustentou a direção da Chapecoense, que apela aos clubes portugueses e de todo o mundo para disseminarem “respeito e concórdia” nas relações desportivas.

Nilo Traesel foi presidente da Chapecoense em 1995/96. Vive nas Caldas da Rainha e confessou-se triste com o episódio dos Super Dragões, contando que os dirigentes brasileiros estão tristes e magoados com este episódio.

“Todo o Brasil está triste, principalmente os adeptos da Chapecoense, que ao invés de receberem um apoio nunca esperavam receber uma notícia destas. Evidentemente que chocou e reabriu a ferida. O incentivo à violência que foi feito é muito lamentável. Todas pessoas a nível mundial devem repudiar esta situação”, declarou.

O ex-presidente da Chapecoense explicou que o clube, na sua reação, pretende levar os agentes desportivos a refletirem sobre as suas posturas.

“A posição da Chapecoense é emitir uma nota a nível internacional para que o mundo desportivo saiba que o caminho não é esse. Nunca tentar que a tragédia caia sobre outros clubes. As pessoas ainda se lembram do sentimento por que o clube passou e não gostariam que nem Porto, Benfica ou Sporting passassem novamente

por esta situação.

A direção do Porto pediu desculpas à Chapecoense.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

V Jornadas SIPO Júnior

Entre os dias 12 a 15 de abril decorre a 5ª edição das Jornadas da Semana Internacional de Piano de Óbidos (SIPO) Júnior, no Auditório Municipal de Óbidos, com master classes de piano, seminário de improvisação, concertos comentados e uma audição final dos...

sipo

Mostra de Renda de Bilros na Eira do Paço Real

A Junta de Freguesia de Serra d'El-Rei assinou no passado domingo um acordo para que a realização da Mostra Internacional de Renda de Bilros da Serra d'El-Rei, que deverá decorrer entre 27 e 29 de maio seja realizada na Eira do Paço Real da freguesia, inspirada na...

mostra

“Mercadinho de Trocas” no Mercado Municipal

O Mercado Municipal do Bombarral viveu no passado sábado mais uma manhã de brincadeira e partilha com a realização do “Mercadinho de Trocas”, iniciativa em que as crianças têm oportunidade de trocar entre si jogos, livros e brinquedos que já não usam. A atividade,...

mercado