Q

Previsão do tempo

16° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 21° C
17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 21° C
17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 22° C

Oeste Jovem 2017 arrancou nas Caldas e vai decorrer em todo o Oeste

Marlene Sousa
29 de Março, 2017
Arrancou oficialmente nas Caldas da Rainha o “Oeste Jovem 2017”, que até ao dia 12 de maio irá realizar várias atividades dirigidas a jovens, pela primeira vez por todos os concelhos do Oeste.
O secretário de Estado da Juventude e do Desporto elogiou a participação dos doze municípios do Oeste

Em todos os municípios que integram a Oeste CIM irão decorrer várias iniciativas ligadas à cultura, empreendedorismo, educação, profissões, desportos, mar, música, criatividade e talento.

Jovens de todos os concelhos do Oeste lotaram o Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha, que acolheu, no passado dia 23, a sessão de abertura, presidida pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

O secretário de estado teceu um grande elogio aos doze municípios do Oeste por se terem juntado na organização “desta grande festa da juventude”.“Tenho um ano destas funções e ainda não estive presente em momento nenhum de juventude que congregasse tantas vontades e tantos municípios ao nível de uma comunidade intermunicipal”, declarou.

O governante falou para os jovens, apelando que exijam aos políticos responsáveis pelo país que “não estejam sempre a falar do futuro e que façam coisas no presente para vocês, como o que está a ser hoje aqui proporcionado com momentos de fruição artística, cultural e desportiva, debatendo a responsibilização e consciência das problemáticas sociais”.

João Rebelo disse ainda aos jovens que “é fundamental que participem nas ações, nas atividades, estudando sempre, mas procurem fazer mais do que estudar só dentro da sala de aula. O governo está empenhado em reconhecer a educação não formal, que se faz no associativismo juvenil”.

O governante apelou ainda à continuação dos estudos, pois “estudando estão a preparar o vosso futuro e a possibilidade de terem mais oportunidades”.

Aproveitou também para falar sobre alguns dos programas que o Governo está a desenvolver no âmbito do apoio aos jovens, como é o caso dos programas promovidos pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), da disponibilização de estágios profissionais ou ainda do apoio ao arrendamento jovem.

Estiveram também presentes na sessão de abertura do evento, a presidente da CCDR Centro, Ana Abrunhosa, a diretora regional do IPDJ de Lisboa e Vale do Tejo, Eduarda Marques, além dos doze autarcas do Oeste.

Após a atuação do grupo de bombos da Escola Técnica e Empresarial do Oeste, coube ao autarca anfitrião a intervenção inaugural, tendo Tinta Ferreira começado por afirmar a sua satisfação por “termos finalmente conseguido organizar o Oeste Jovem com os doze municípios”, algo que “é notável”.

O edil caldense salientou ainda a importância desta interligação entre os jovens de todos os concelhos da região, tendo mesmo afirmado que são estes jovens “que vão criar a cultura do Oeste, no futuro, para bem da região e do país”.

Pedro Folgado, presidente da Oeste CIM, destacou a importância da região Oeste para o país, realçando a riqueza, em termos históricos, culturais, patrimoniais, paisagísticos ou gastronómicos, existente nos concelhos que a compõem.

Caldas poderá ter novo projeto de Arte Urbana

A sessão de abertura do Oeste Jovem 2017 contou ainda com o painel “Curte o que fazes e faz o que curtes”, que teve o testemunho dos caldenses DJ Ride e DJ Stereossauro (Beatbombers, duas vezes campeões do mundo de scratching), do também caldense DJ Holly (um dos mais conceituados dj’s da atualidade), Lara Seixo Rodrigues (arquiteta, curadora e produtora de arte urbana) e João Neves, da Sensi System – Startup Lisboa.

Ninguém saiu do auditório do CCC indiferente ao relato destes jovens, criativos e com muito sucesso naquilo que fazem, que concluíram com amensagem: “Façam aquilo que gostem”.

As dificuldades que tiveram, a normal resistência dos pais à opção de não tirar “um curso de jeito”, os apoios que foram cruciais, entre muitas outras questões, fizeram parte do testemunho destes jovens que agora estão no topo em áreas que há alguns anos atrás nem sequer eram conhecidas.

Como as bandas que iniciam nas garagens, Ride disse que também começaram na garagem da casa da sua avó nas Caldas. Recordou que houve duas entidades que acreditaram no seu trabalho e que contribuiriam para a sua carreira. “Uma foi a loja de Eduardo Silva que me emprestou uma quantia considerável e a outra foi a autarquia, que com o programa de apoio a bandas locais acreditou em mim”.

Hugo Oliveira, vice-presidente da autarquia caldense e vereador da Juventude, que foi moderador do painel, recordou que já conhece o DJ Ride há cerca de 15 anos e também falou do apoio que a autarquia lhe deu.

Lara Rodrigues, responsável pela Associação de Intervenção CriativaMistaker Maker,uma apaixonada pela Arte Urbana, é seguidora do lema “ama o que fazes e faz o que amas”.

É um exemplo de que vale a pena lutar pelos nossos sonhos e paixões, porque aos 18 anos “queria ser cabeleireira”.

Ao jovens mostrou os vários projetos que tem feito de arte urbana no país e além-fronteiras, aproveitando “a fisionomia das cidades” e as “muitas paredes” disponíveis. Deu o exemplo do WOOL – Festival de Arte Urbana da Covilhã, e Estarreja Arte Urbana. Falou ainda do Lata 65— Workshop de Arte Urbana para Idosos, vencedor do Orçamento Participativo de Lisboa 2013/14.

Hugo Oliveira revelou ao JORNAL DAS CALDAS que está em conversações com elapara promover nas Caldas as artes, mais especificamente a Street Art (arte urbana).

O evento finalizou com a atuação dos três Dj’s convidados, para grande satisfação dos jovens presentes.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Memorando de entendimento entre Vamos Mudar e PS abre novo ciclo na Câmara

O Vamos Mudar (VM) - movimento de cidadãos independentes e o Partido Socialista (PS) de Caldas da Rainha assinaram na passada segunda-feira, no Parque D. Carlos I, um memorando de entendimento para o mandato autárquico 2021-2025 para “uma boa gestão do município”....

memorando

Caldas eliminou Espinho e segue em frente na Taça de Portugal

Foi com um golo de cabeça de João Rodrigues (“Tarzan”), ao segundo minuto da primeira parte do prolongamento, que o Caldas Sport Clube (Liga 3) eliminou o Sporting Clube de Espinho (Campeonato de Portugal) na terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, no passado sábado, no Estádio Marques da Silva, em Ovar.

caldas 1