Q

Previsão do tempo

14° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
14° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
14° C
  • Wednesday 11° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C

Exposição “Como a Anestesiologia Mudou o Mundo”

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Museu do Hospital e das Caldas inaugurou no passado dia 25 a exposição itinerante da Sociedade Portuguesa de Anestesiologia intitulada “Como a Anestesiologia Mudou o Mundo”, sobre a história e a atualidade desta especialidade médica.
Mostra no Museu do Hospital e das Caldas

A mostra de 24 painéis estará patente na sala de exposições temporárias e no átrio das consultas externas até 24 de abril.

Produzida pela Sociedade Portuguesa de Anestesiologia, a exposição já esteve em vários hospitais do país e por proposta do médico Joaquim Urbano, diretor do Serviço de Anestesiologia do Centro Hospitalar do Oeste (CHO), foi acolhida nas Caldas.

Joaquim Urbano é anestesiologista desde 1982 e diz que esta especialidade da medicina tem a sua génese “no controlo, ausência ou alívio da dor” e é uma das que “mais evoluiu nos últimos anos e um dos marcos mais importantes no processo da humanidade”. “A necessidade de abolir a dor impulsionou o homem na invenção e na descoberta de produtos e técnicas para o conseguir”, referiu.

Nascida da necessidade de aliviar o sofrimento físico e consequentemente emocional, a anestesiologia foi também a pioneira da criação da medicina da dor, valência que aprofunda o estudo dos mecanismos de dor e do seu alívio, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos doentes com dor aguda e crónica.

A 16 de outubro de 1846, Edward Abbot fez a primeira demonstração pública da anestesia geral. No entanto, a anestesiologia não se ficou pela reinvenção da cirurgia, criou equipas de especializadas em reanimação cardiorrespiratória, implementando as unidades de emergência médica intra e extra-hospitalar e o transporte do doente crítico, essenciais para o cuidado dos doentes que necessitam de intervenção médica urgente.

Para Joaquim Urbano, é inquestionável a importância do papel do anestesiologista que “inicialmente estava limitados ao bloco operatório à anestesia cirúrgica” e agora tem um papel vasto no âmbito da anestesia em várias áreas como no parto, medicina intensiva, medicina da dor crónica, medicina de emergência e nos cuidados paliativos”.

O médico destacou que a exposição pretende veicular o papel decisivo desta especialidade médica no progresso da ciência, da medicina e da humanidade.“Está montada de uma forma muito leve e interessante e permite ao público em geral ter uma noção exata o que é a anestesia atualmente em Portugal”, apontou.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Peão Cavalgante/Arneirense no Torneio de Xadrez Centenário

Realizou-se no Sport Operário Marinhense, na Marinha Grande, no passado dia 29, o Torneio de Xadrez Centenário, onde António Policarpo foi o único representante da Associação Peão Cavalgante/Arneirense, das Caldas da Rainha. Participaram 80 jogadores com o ritmo de...

xadrez

Festival das Sopas

O Sport Clube Escolar Bombarralense vai organizar na sua sede a sexta edição do Festival das Sopas, nos dias 11 de fevereiro, das 18h às 23h, e 12 de fevereiro, das 12h às 16h. Haverá variadas sopas para degustar. As crianças dos 5 aos 10 anos pagam quatro euros e...

Exposição sobre José Saramago no CCC

O STAL - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins associou-se ao centenário de nascimento do Prémio Nobel da Literatura José Saramago, através de uma exposição com a chancela da Fundação José...

saramago