Q

Previsão do tempo

11° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C
12° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C
13° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C

“Os Verdes” fazem duas perguntas ao Governo sobre os precários do CHO

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“Que medidas estão a ser ponderadas para resolver os problemas de precariedade com que se deparam os trabalhadores do Centro Hospitalar do Oeste (CHO)?”, foi a pergunta apresentada no passado dia 15 pelos deputados José Luís Ferreira e Heloísa Apolónia, do Grupo Parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes”, dirigida ao presidente da Assembleia da República para ser remetido ao Governo e em concreto ao Ministério da Saúde.

A outra pergunta que fazem é se se preveem “aberturas de procedimentos concursais para recrutamento de trabalhadores no CHO”.

O Grupo Parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes” reuniu com o movimento dos trabalhadores precários do CHO, tendo recebido informação relativa à petição que apela à integração direta nos quadros do CHO de todos os trabalhadores precários.

“Estes profissionais trabalham nos hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche e têm ao longo dos anos desempenhado com empenho e profissionalismo as suas funções, independentemente do tipo de vínculo de trabalho com o CHO. Desde outubro de 2016, estes trabalhadores subcontratados têm realizado várias ações com o intuito de solucionar os graves problemas que os afetam, nomeadamente salários e subsídios de férias em atraso mas acima de tudo, pretendem alertar para toda a situação precária a que estão sujeitos. São trabalhadores cuja necessidade permanente do CHO justifica a sua existência nos diversos serviços, como por exemplo Urgência, Medicina, Ortopedia, Maternidade e Cirurgia, fazendo parte integrante de equipas e do quotidiano das unidades hospitalares”, sublinham os deputados.

“Foi recentemente divulgado o relatório sobre a situação dos trabalhadores em precariedade no Estado, no entanto, o mesmo não identifica aqueles que são mediados por empresas de trabalho temporário, como é o caso destes trabalhadores”, referem ainda José Luís Ferreira e Heloísa Apolónia no documento que juntam às perguntas efetuadas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Suspeitos de pesca ilegal fogem à GNR

O Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré da GNR apreendeu seis quilos de meixão naquele concelho, no passado dia 24, no âmbito de uma ação de fiscalização levada a cabo com o objetivo de combater a captura ilegal de enguia europeia, vulgarmente conhecida...

meixao 1

Infantis de Óbidos em bom plano

A equipa de infantis do clube Óbidos Criativa competiu, no passado dia 21 na XXX Taça Vale do Tejo, nas piscinas municipais de Alcobaça. Mara Cotrim, Leonor Martins, Leonor Silva, Justin Borges, Tiago Correia e Pedro Capinha foram os jovens que nadaram com as cores...

infantis 2

Óbidos Cycling Team quer ser referência em sub-23

Nasceu a Óbidos Cycling Team sob a égide do Município de Óbidos, concretizando o sonho do diretor e manager da equipa, Micael Isidoro, ex-ciclista profissional licenciado em treino desportivo com especialização na área do ciclismo, pós-graduação e mestrado em alto...

cycling