Q

Previsão do tempo

22° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 32° C
22° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 33° C
23° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 36° C

Correios sem “espírito de Natal”

Rui Calisto

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
No dia 20 de dezembro fui testemunha de um gesto pouco nobre por parte de uma funcionária dos CTT das Caldas da Rainha: Um senhor, com mais de sessenta anos, retirou o seu talão de atendimento cinco minutos antes das 18 horas (horário de encerramento da agência dos CTT do centro da cidade), poucos minutos depois acompanha uma senhora à porta e despede-se com toda a normalidade, porém, cometendo o equívoco de o fazer poucos centímetros fora do estabelecimento.

Erro fatal. Quando dá o esperado passo para regressar ao estabelecimento, eis que a senhora da limpeza, sem meias medidas, bate-lhe a porta na cara. Indignado, (mostrando o talão com o número de atendimento) o pobre homem pede gentilmente que a senhora lhe abra a porta, porém, o que ouviu foram frases repletas de fel e arrogância. No meio do palavreado, depois de outro funcionário consultar a gerência, a tal senhora sai-se com esta: “O gerente não autoriza que se abra a porta depois da hora”.

É compreensível que exista essa norma. É compreensível que o gerente, imbuído dos superpoderes naturais do cargo, que o colocam acima do resto da humanidade, tenha essa atitude, só não é natural que uma empresa como essa continue com pessoas com total falta de preparo para lidar com o público, em seus quadros. Não se tratou de um abandono, por tempo indeterminado, do local, tratou-se, apenas, de um minuto, para uma singela despedida, ficando fora de portas para não atrapalhar a passagem de ninguém. Um gesto nobre que foi presenteado com estupidez e arrogância.

Por mera curiosidade estive a consultar o Sítio de Queixas dos CTT e encontro (fiquei pasmo) mais de cinco mil querelas, as mais variadas, porém, são as que se referem ao atendimento que estão em maior número.

Tenho amigos naquela agência, mas não os defendo em casos como este. Que me perdoem. Fiquei sim, triste, indignado. Não vi o tal “espírito de Natal” em ninguém, do cargo mais modesto ao mais alto.

Rui Calisto

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Macroalga da costa de Peniche pode retardar envelhecimento da pele

Os extratos enriquecidos em florotaninos e outros componentes obtidos a partir de uma macroalga recolhida na costa de Peniche apresentam um marcado efeito inibidor sobre as enzimas colagenase e elastase, responsáveis pela degradação da matriz da pele e diretamente relacionadas com o processo de envelhecimento cutâneo, aponta uma investigação levada a cabo por uma equipa do MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente do Politécnico de Leiria. A investigação originou um pedido de patente, que foi agora aprovada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial.

alga

Mão-de-obra vs Cabeça de obra

Vou começar com uma citação de Aristóteles de há cerca de 2500 anos: “Nós somos o que fazemos repetidamente. A excelência, portanto, não é um ato, mas um hábito”.

Poe jantou lá em casa

A sineta do portão fartou-se de tinir. A criada, uma dinamarquesa espadaúda, loira, de olhos muito azuis e ar de matrona, foi expedita a atender, porém, cansou-se de resmungar certas palavras que não ouso aqui referir.