Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
17° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 20° C
17° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 21° C

Vau em festa

13 de Dezembro, 2016
A localidade do Vau, em Óbidos, celebra os seus tradicionais festejos em Honra de Nossa Senhora da Piedade, entre os dias 16 a 20 de dezembro.

Na sexta-feira, pelas 22h00, a banda “Bico D´Obra” dá início às noites de dança. No dia seguinte, a partir das 15h00, realiza-se um torneio de futebol. À noite decorrerá um baile com o conjunto “Os Lord’s”.

No domingo, às 09h00, decorrerá o peditório pelas ruas do Vau, acompanhado da Banda Filarmónica Carvalhense, do Carvalhal. A partir das 14h30 haverá missa em honra de Nossa Senhora da Piedade, seguida da procissão. A diversão noturna é assegurada pelo conjunto “Chaparral Band”.

Os jogos tradicionais decorrerão na segunda e terça-feira, a partir das 15h00. Nestes dois dias atuam os conjuntos “Gosto Banda” e “MegaMusic”.

Todos os dias haverá serviço de restaurante, que tem abertura pelas 19h00.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Filipe Daniel tomou posse como novo presidente da Câmara

O engenheiro agrónomo Filipe Daniel tomou posse no passado domingo como novo presidente da Câmara Municipal de Óbidos, assumindo-se como uma “renovação de um período dentro do ciclo de governação PSD”, estando acompanhado por “uma equipa de vereadores experientes, que conhecem a realidade e que estão disponíveis para continuar a ajudar a construir o futuro do concelho”.

tomada1

FOLIO considerado “um ponto obrigatório no roteiro dos escritores”

O FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos regressou na passada quinta-feira às ruas da vila, numa edição dedicada a “O Outro”. O evento, que termina no próximo domingo e que conta com 175 autores e escritores presentes em 161 atividades, entre as quais 16 mesas de autor e debates, 23 concertos e 12 exposições, foi “o primeiro evento, desde o início da pandemia, que nos uniu à volta do que é o mais importante nas nossas vidas: a literatura”.

folio1