Q

Previsão do tempo

14° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 16° C
14° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 17° C
15° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 18° C
  • Friday 17° C

Idosa que aguardou um ano para ser consultada já foi observada por médicos

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Uma idosa de 84 anos, das Caldas da Rainha, com uma grave obstrução vascular, que viu desmarcada perto de uma dezena de vezes consultas e exames no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, foi finalmente observada pelos médicos na semana passada. A situação foi desbloqueada após ter sido relatada na comunicação social.
Rosa Maria tem uma obstrução vascular na ordem dos 70 por cento

Rosa Maria foi a uma consulta em agosto do ano passado no Hospital de Santa Maria, e desde então viu desmarcada uma dezena de consultas e exames no mesmo estabelecimento de saúde. Antes das reportagens, a idosa tinha recebido uma comunicação que a deixou ainda mais angustiada: a nova data de consulta seria 8 de março de 2017.

“Sinto muito falta de ar e muito cansaço, não posso dar um passo na rua se não for agarrada. Se não for operada, vejam o que podem fazer para eu ficar bem”, apelava Rosa Maria.

Eis que a situação foi desbloqueada e foi finalmente analisada na passada quarta-feira. “Acho incrível porque não se faz haver tantas desmarcações. O que me disseram agora deviam ter dito logo no princípio, mas sinto-me melhor porque ao menos sinto-me esclarecida”, desabafou Rosa Maria.

“Foi um ano de espera e em menos de três horas conseguimos resolver tudo. Não assim há tanta gente com este tipo de problemas em Portugal que obrigasse a estar tanto tempo à espera. Com um bocado de boa vontade as coisas resolver-se-iam de outra forma”, sustentou Paula Mendes, filha da doente.

Agora que foi observada, a idosa, que foi diagnosticada com uma obstrução vascular que se situa atualmente na ordem dos 70 por cento, ficou a saber que o risco de uma intervenção cirúrgica é enorme e, por isso, desaconselhável,

Foi prescrita medicação adequada e encaminhada para a médica de família para realizar uma série de exames, antes de voltar ao Hospital de Santa Maria para consulta de cirurgia vascular e repetição de exames, diligências que só foram aceleradas graças à comunicação social, como o JORNAL DAS CALDAS, que divulgou o caso.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Motoclube Star Riders realizou evento solidário Egg Run

O Moto Clube Star Riders Portugal dedicou a sua iniciativa solidária Egg Run 2024 a cerca de 80 crianças e jovens da Ordem do Trevo (OT) e do Centro de Educação Especial Rainha D. Leono (CEERDL).
A festa, com direito a animação e almoço, decorreu no dia 21 de abril na Expoeste. Além da entrega de bens alimentares, roupa, artigos de higiene, material escolar e brinquedos, as crianças e jovens também realizaram um “batismo motard”, com um passeio de motorizada. Para muitos, foi a primeira vez que andaram de mota.

egg run 1

Inauguração do Parque das Lavadeiras

O Município das Caldas da Rainha e a Junta de Freguesia do Nadadouro inauguram no dia 27 de abril, pelas 15h00,  no Parque das Lavadeiras, no cruzamento da Rua Principal com a Rua 21 de Agosto.

Praxe solidária com crianças

A Távola Elíptica Veterânica e a Comissão de Praxe da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha realizam uma iniciativa de praxe solidária no dia 25 de abril, a favor das crianças mais necessitadas de diversos países em desenvolvimento.

praxe