Q

Previsão do tempo

16° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 21° C
16° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 22° C
16° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 23° C

Tirar uns dias de descanso faz bem para a saúde?

19 de Julho, 2016
Em tempo de férias para muitos portugueses, o JORNAL DAS CALDAS falou com a psicóloga do Gabinete de Psicologia da União de freguesias Nossa Senhora do Pópulo Coto e São Gregório, Sílvia Freitas para saber quais os benefícios e malefícios, que alguns dias de descanso podem trazer para a saúde e para a nossa relação com quem nos rodeia. Jornal das Caldas: Quais são os benefícios que as férias podem trazer para a saúde e para a nossa relação com quem nos rodeia?
Os beneficios que alguns dias de descanso podem trazer para a sáude

Psicóloga: O nosso ritmo de vida acelerado pode isolar-nos bastante das nossas relações interpessoais, interferindo na nossa vida social e no nosso bem-estar emocional, provocando diversas consequências. Deste modo, estabelecem-se relações sociais através das novas tecnologias e novas formas de comunicação, o que potencia a redução da intimidade e proximidade entre as pessoas. O tempo para estabelecer e fortalecer relações próximas é cada vez menor e isso pode ser verdadeiramente prejudicial. As férias são o momento ideal para fortalecer laços afetivos com quem nos rodeia e promover encontros e atividades que fomentem uma quebra na rotina que pode ser caótica e stressante. Assim sendo, para serem aproveitadas da melhor forma, as férias devem fomentar momentos agradáveis e reaproximar as pessoas. Relativamente à nossa saúde, claro que é possível existirem benefícios associados às férias se estas forem aproveitadas de uma forma que propicie o relaxamento e momentos de descanso. A quebra da rotina e do stress diário no tempo das férias é essencial para que as pessoas possam alterar este ciclo que promove consequências muito nefastas ao nível da saúde física e mental.

J.C: Quais são os efeitos negativos que a ausência de férias podem trazer ao cidadão?

Psicol.:No quotidiano as pessoas podem estar expostas a elevados níveis de stress gerados por um estilo de vida onde estão sobrecarregadas pelo seu trabalho ou tem dificuldades em gerir o seu tempo. Este stress despoleta consequências físicas, como por exemplo as dores musculares, alopecia (perda de cabelo) ou úlceras, mas também consequências psicológicas como a irritação intensa, ou mesmo a depressão, o síndrome de burnout e o surgimento de ataques de pânico. É importante que as pessoas tenham tempo de qualidade com a família, hobbies e realizarem tarefas que sejam prazerosas para si, fugindo um pouco das suas rotinas diárias estabelecidas. Assim sendo, as férias são o espaço perfeito para que possamos ter este tempo para relaxar do stress a que estamos sujeitos e a falta destas pode intensificar os sintomas de stress acima descritos.

J.C:Dicas ou conselhos sobre o que fazer nas férias.

P.:Importa referir que muitas pessoas vão de férias mas não se desvinculam verdadeiramente do seu trabalho e das suas rotinas diárias, o que pode fazer com o que o stress as acompanhe durante as férias. Estudos revelam que uma percentagem significativa de pessoas leva consigo trabalho para as férias e como estão habituados a um ritmo de vida acelerado, têm dificuldade em aproveitá-las. Desta forma, torna-se essencial propiciarmos atitudes que promovam umas férias de qualidade. Algumas dicas são: consultar apenas ocasionalmente o email e limitar o seu acesso a redes sociais e telemóveis, para que possa desfrutar o momento que está a viver como por exemplo contemplar o mar. Cada vez mais as pessoas esquecem-se de viver “no aqui e no agora” por se centrarem nas preocupações que podem surgir no amanhã ou em questões do passado. É importante sabermos viver o momento e tudo o que este nos proporciona, estando atentos às nossas sensações corporais . Evitar lugares com filas ou sítios com multidões também é uma dica útil, uma vez que estes sítios podem mais uma vez originar stress. Também é importante dormir bem e o suficiente e ainda ter uma alimentação saudável, uma vez que existe mais tempo para confecionar ou saborear a refeição. Como referíamos anteriormente, é essencial quebrar as rotinas e fazer atividades diferentes do habitual, consoante o seu interesse pessoal, sobretudo sair da nossa zona de conforto, a que estamos habituados. Por último, mas não menos importante, aproveitar para estar com as pessoas que nos são queridas e planear programas com estas. Muitas vezes as pessoas na azáfama do dia a dia referem ter pouco tempo para beber café com um amigo, ou levar o filho ao parque – as férias são o momento oportuno para aproveitar o tempo de qualidade com família e amigos.

J.C:As férias podem deixar um sentimento de alguma frustração, nomeadamente aos pais quando vão acompanhados com filhos pequenos?

P.:Sim, pode acontecer que as férias tragam ainda mais elevados níveis de stress, se se mantiverem exatamente as rotinas a que estamos acostumados ou se de alguma forma não conseguirmos aproveitá-las de acordo com as nossas expetativas. Às vezes surgem discórdias familiares ou mesmo entre casal, por existirem divergências nas escolhas referentes às férias ou prioridades diferentes. Famílias com filhos pequenos têm que adaptar as suas férias e planeá-las da melhor forma possível e muito atempadamente. Devem criar momentos e espaços onde as crianças possam experienciar momentos divertidos, sempre com a supervisão dos adultos, mas tentando sempre equilibrá-los com o seu espaço para que os pais consigam aproveitar também as férias para relaxar. Nem sempre este ponto de equilíbrio é fácil, mas aqui também depende do sistema familiar e do seu funcionamento, cada família é uma família. Para tal acontecer, por vezes existe a ajuda de familiares próximos ou atividades lúdicas e de lazer nas férias com programas familiares.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Deco Ribatejo e Oeste já é um centro Eusoudigital

A Deco (associação de defesa do consumidor) aceitou o convite do programa Eusoudigital e promove a capacitação dos consumidores da região Ribatejo e Oeste para a transição digital.

deco

VASP desrespeita decisão do tribunal e continua a cobrar taxas aos seus agentes

A Associação Nacional de Vendedores de Imprensa (ANVI) vem divulgar o desrespeito total da VASP - Distribuidora de Publicações, SA, ao cumprimento das ordens do tribunal, providência cautelar de 9 de julho de 2021 e despacho do dia 9 de setembro de 2021, que suspendeu a taxa diária de distribuição.