Q

Previsão do tempo

7° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
7° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C
7° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C

Aniversário dos bombeiros de Óbidos celebrado nas Gaeiras

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os bombeiros de Óbidos vão poder ter acesso a uma hora gratuita nas piscinas municipais da vila, anunciou o presidente da Câmara, em resposta ao pedido efetuado pelo comandante da corporação, na cerimónia do 89º aniversário da associação humanitária, no passado domingo. O evento concentrou-se nas Gaeiras, onde decorreu uma missa de homenagem aos bombeiros falecidos, desfiles apeados e motorizados, e atuação da fanfarra. A sessão solene de condecorações e promoções realizou-se no largo de São Marcos, antes do almoço de confraternização no quartel dos bombeiros.
Novos bombeiros

A corporação resolveu descentralizar a comemoração do aniversário pelas freguesias e este ano, por sorteio, coube a Gaeiras acolher os momentos principais, com a presença de representantes de diversos quartéis do distrito. Os corpos de bombeiros do Bombarral, Caldas da Rainha e Peniche disponibilizaram meios humanos e materiais para dar resposta no concelho de Óbidos em caso de necessidade, para toda a corporação obidense poder estar envolvida no dia festivo.

Paula Ganhão, vice-presidente da Assembleia Geral, foi a primeira a usar da palavra, em representação do presidente da assembleia, ausente no estrangeiro.

“Quero prestar homenagem aos nossos bombeiros, que arriscam as suas próprias vidas no dia-a-dia. São homens e mulheres com práticas e ações altruístas e solidárias, disponíveis 24 sobre 24 horas, colocando muitas vezes a sua vida familiar em segundo plano para se disponibilizarem ao serviço dos outros, em missões exigentes, exaustivas, marcantes, muitas vezes traumatizantes e de elevado risco pessoal. Estes homens e estas mulheres devem merecer o nosso respeito, a nossa gratidão e o nosso aplauso”, manifestou.

Sublinhou que a associação que conta com uma direção e comando de mãos dadas, e realçou o trabalho desenvolvido por ambos e a forma como têm conseguido “mais e melhores meios, humanos e materiais”.

O comandante, Carlos Silva, elogiou os condecorados e dirigiu-se aos novos bombeiros: “Espero de cada um de vós uma postura exemplar, concordante com a farda que envergarão”.

Distinguiu depois a operacionalidade do corpo de bombeiros, inclusive dos tripulantes de ambulâncias de socorro, com funções na área da emergência pré-hospitalar.

Carlos Silva garantiu à população de Óbidos que “pode sentir-se confortável e segura” com a prestação da corporação e agradeceu ao presidente da Câmara pelo apoio financeiro, que considerou ser um “investimento”.

Aproveitou para apelar ao autarca a criação de incentivos ao voluntariado nos bombeiros, nomeadamente, descontos em taxas municipais e na água, e a disponibilização de uma hora livre nas piscinas municipais, para a prática de desporto sem custos e para aperfeiçoar o desempenho na água.

Finalizou agradecendo às famílias dos bombeiros e à sua, “tantas vezes privados da sua companhia por motivos de ajuda ao próximo”.

Rui Vargas, presidente da associação humanitária, enalteceu o trabalho dos bombeiros de Óbidos e falou dos desafios com as constantes alterações legislativas das regras de funcionamento da função desempenhada, e ao nível do voluntariado, do financiamento e da formação.

“Profissionais e voluntários em 2015 fizeram mais de 440 mil quilómetros e transportaram mais de 5700 doentes. Mas de 60% do trabalho feito em Óbidos foi feito por voluntários”, referiu, elogiando a qualidade do serviço prestado.

O responsável realçou o “crescimento sustentável” da corporação, mantendo “o rigor e a viabilidade financeira”.

Disse que ainda há muito para fazer para dar outras condições aos bombeiros, ao nível de apoios sociais e de isenção de taxas e redução de impostos, de bonificação para o tempo de reforma e de dotação de equipamentos de proteção individual.

O presidente da associação revelou ainda que “mais de 50% dos apoios financeiros fixos estatais vêm da Câmara Municipal”, agradecendo à autarquia, a quem reforçou o pedido do comandante para a utilização das piscinas municipais, de forma a que os bombeiros possam praticar o socorro em meio aquático.

Solicitou igualmente que o presidente da Câmara possa propor, ao nível da Comunidade Intermunicipal do Oeste, que os bombeiros da região tenham isenções de taxas de utilização de resíduos, saneamento e abastecimento de água, redução do IMI, e taxas nos regimes jurídicos de edificação e urbanização, e transportes urbanos, justificando que “estas medidas, devendo ser municipais, fazem sentido que sejam intermunicipais”.

Corporação elogiada

Mário Cerol, representante da Liga dos Bombeiros Portugueses, deu os parabéns aos bombeiros que foram condecorados e aos que deixaram de ser estagiários, deixando uma “palavra de reconhecimento pelo trabalho exemplar ao nível da formação e pela competência técnica-operacional” da corporação de Óbidos, considerando ser “um orgulho para os bombeiros de Portugal”. Elogiou também o trabalho desenvolvido pela direção da associação humanitária para manter a sustentabilidade financeira.

Destacou ainda o “gesto fora do protocolo” do presidente da Câmara, que ”cumprimentou individualmente cada bombeiro [quando passou pela formatura], o que mostra respeito por eles”

Luís Lopes, segundo comandante distrital das operações de socorro de Leiria, referiu que a descentralização das comemorações demonstra que os bombeiros existem para as populações. Aos novos bombeiros, que acompanhou no ingresso, sublinhou que a função que têm pela frente “é um trabalho de equipa”, e aos condecorados disse que “merecem ainda mais”.

“Este é um corpo de bombeiros digno, responsável e com experiência”, sustentou.

Humberto Marques, presidente da Câmara, afirmou que “os bombeiros de Óbidos têm muita razão para olhar para o espelho com orgulho todos os dias”.

“É preciso aumentar o financiamento e transferências do Estado para os bombeiros para o socorro a pessoas e bens”, defendeu, assumindo o compromisso de garantir a utilização das piscinas municipais pelos soldados da paz. Em relação aos restantes pedidos, disse precisar de mais dados para estudar o que é possível fazer.

Sobre o cumprimento individual aos bombeiros, elogiado pelo representante da Liga, explicou que “significa o meu sentimento pessoal pela forma como olho para cada um deles”.

Emídio Eusébio é o bombeiro do ano

Foram promovidos a bombeiros de 3ª Ricardo Carneiro, Maria João Figueiredo, Carlos Morais, Diogo Santos, Francisco Gonçalves e Rui Braz.

Foram distinguidos com a medalha de assiduidade grau cobre, por cinco anos de “bons e efetivos serviços” os bombeiros de 3ª André Duarte, Diana Bernardino, João Carvalho e Louis Azevedo.

Por quinze anos de “bons e efetivos serviços”, foi distinguido com a medalha de assiduidade grau ouro o bombeiro de 1ª Óscar Miguel.

Por vinte anos, os distinguidos com a medalha de assiduidade grau ouro foram o comandante Carlos Silva e o bombeiro de 1ª Gonçalo Henriques.

O prémio bombeiro do ano foi atribuído ao bombeiro de 1ª Emídio Eusébio. Valoriza e reconhece “a dedicação, empenho e espírito de sacrifício, disponibilidade e ambição pela causa”. A eleição é feita entre os elementos da corporação e visa distinguir o bombeiro que se distinguiu ao longo de 2015 em diversas valências. Emídio Eusébio recolheu 13% dos votos, batendo o bombeiro de 1ª Pedro Oliveira (9%) e os subchefes Carlos Antunes e Álvaro Ribeiro (ambos com 5%).

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Peão Cavalgante/Arneirense no Torneio de Xadrez Centenário

Realizou-se no Sport Operário Marinhense, na Marinha Grande, no passado dia 29, o Torneio de Xadrez Centenário, onde António Policarpo foi o único representante da Associação Peão Cavalgante/Arneirense, das Caldas da Rainha. Participaram 80 jogadores com o ritmo de...

xadrez

Festival das Sopas

O Sport Clube Escolar Bombarralense vai organizar na sua sede a sexta edição do Festival das Sopas, nos dias 11 de fevereiro, das 18h às 23h, e 12 de fevereiro, das 12h às 16h. Haverá variadas sopas para degustar. As crianças dos 5 aos 10 anos pagam quatro euros e...

Exposição sobre José Saramago no CCC

O STAL - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins associou-se ao centenário de nascimento do Prémio Nobel da Literatura José Saramago, através de uma exposição com a chancela da Fundação José Saramago, que estão a percorrer vários distritos de Portugal, sendo inaugurada no dia 11, às 16h, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

saramago