Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
15° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 24° C
  • Sunday 27° C
14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 29° C

Discoteca na Foz do Arelho contestada por moradores

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“Há doze anos que estou a ser torturada por privação de sono. Não está devidamente insonorizado e todo o som passa para a rua, onde vivo em frente. Fiz dezenas de diligências junto da Câmara para que o problema fosse resolvido, mas há um défice democrático muito grande. A lei de bases do ambiente e a constituição da república não estão a ser defendidas e venho aqui exigir que seja defendido o meu direito ao sossego e a uma coisa tão simples como é o dormir”. A indignação de Teresa Rodrigues foi manifestada na Assembleia Municipal das Caldas da Rainha por causa do ruído do estabelecimento de diversão noturna Chik Club, antigo Sítio da Várzea, na Foz do Arelho.
Teresa Rodrigues foi uma das moradoras que reclamou na Assembleia Municipal

A moradora declarou que “há muitas casas naquela zona. Eu tenho uma casa licenciada pela Câmara e não posso viver nela. Segundo a Câmara, pode ter o horário que quiser, até pode trabalhar 24 horas ininterruptamente, e quero saber como alguém pode viver nestas condições. Pretendo que mandem insonorizar e interditem o acesso à esplanada”.

Sérgio Oliveira, outro morador, disse que tem de usar “tampões para dormir”. Queixou-se também de clientes do estabelecimento a “cambalear na rua às sete da manhã e urinarem nos portões”.

“Temos direito ao descanso e não estamos a ter. O meu filho acorda a meio da noite a chorar compulsivamente”, sublinhou João Rodrigues, que também fez uma intervenção no período aberto ao público.

Os deputados mostraram-se solidários com os moradores. Jaime Neto, do PS, considerou tratar-se de “uma questão de saúde pública. “Tem sido política da Câmara dar tempo aos agentes económicos para resolverem as situações, mas é tempo demais. A Câmara tem de rapidamente atuar e cumprir a lei”, frisou.

“É tempo da Camara tomar medidas”, afirmou Vítor Fernandes, do PCP. “Aplique-se o regulamento municipal do ruído”, comentou Edgar Ximenes, do MVC. “Não se pode esperar outra coisa senão cumprir a lei”, referiu António Cipriano, do PSD.

Segundo o presidente da Câmara, Tinta Ferreira, “a nova legislação permite liberdade de horário, mas a Câmara pode decretar restrição. Dei ordem aos serviços camarários para fundamentarem a restrição, para ser apreciada pelos vereadores”.

O autarca lembrou que foi aprovado o regulamento municipal do ruído, indicando que “as medidas que estamos a tomar têm como objetivo garantir o equilíbrio necessário entre o funcionamento de um estabelecimento de diversão noturna e a vivência das populações”.

Apontando que “Caldas tem muito poucos estabelecimentos de diversão noturna e muitas famílias queixam-se de que os filhos têm de fazer muitos quilómetros para fora do concelho, porque não existem”, sustentou que “temos de ter em consideração a necessidade do descanso”

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

127 anos dos bombeiros festejados em cerimónia emotiva

A cerimónia do 127º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha, realizada no passado domingo, foi bastante emotiva, pela passagem ao quadro de honra de dois bombeiros, pelas promoções, condecorações e louvores, pela transferência de testemunho do porta-estandarte, pela atribuição de patrono a duas viaturas, pelo elogio ao comandante de Pedrógão Grande, mas sobretudo por ter sido lembrada a morte de um bombeiro da corporação vizinha de Óbidos no maior incêndio ocorrido este ano nas Caldas da Rainha.

bombeiros1

Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste – Fábio Romano – 18 valores

Fábio Romano, de 33 anos, aluno da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, do curso de Gestão e Produção de Cozinha, foi o melhor aluno com uma classificação de 18 valores (correspondendo aos dois primeiros semestres. Encontra-se a aguardar a nota de estágio curricular, que irá ainda integrar esta média).

img 6552 2 fabio romano