Q

Previsão do tempo

23° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 22° C
23° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 23° C
23° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 25° C

Caldenses veneram Imagem de Fátima com o apelo solidário no auxílio ao próximo

João Polónia

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Na chegada da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima à cidade das Caldas da Rainha, diante uma multidão emocionada e agradecida pela sua presença, o pároco Joaquim Pedro Costa desafiou os crentes, numa Igreja em saída, a mostrar “rostos de Cristo e rostos de Maria Santíssima”, no contato com o próximo, “deixando um sorriso, a amizade e um conselho de amigo”.
Imagem à saída da Igreja de Nossa Senhora da Conceição

“Nós somos uma Igreja que essencialmente mostra o rosto misericordioso de Deus; se acolhermos bem, se rezarmos uns pelos outros, se tivermos sempre os outros no nosso coração, reina a alegria, reina a paz”, interpelou o sacerdote durante a Eucaristia de acolhimento da Imagem Peregrina, celebrada na Igreja paroquial, no início da tarde de 18 de janeiro, o segundo dia de Nossa Senhora de Fátima na Diocese de Lisboa, âmbito do programa de preparação para o centenário das aparições de Nossa Senhora em Fátima, com o tema ‘Donde me é dado que venha ter comigo a Mãe do meu Senhor’.

Exaltando Maria como a “Mãe da Misericórdia de toda a humanidade”, que “vem hoje derramar as suas bênçãos sobre cada um de nós”, o sacerdote revelou que Nossa Senhora, “enviada por Deus, mesmo nos momentos mais difíceis, continua a sugerir caminhos novos de conversão, e nós acolhemo-la hoje como nunca acolhemos a sua mensagem”. “Sempre que Ela passa, a realidade não muda, o percurso da história da salvação não se alterou, apenas apela: arrependem-se, converte-te e vive”, acrescentou.

Para o responsável da paróquia, a presença da Virgem Peregrina na vida comunitária de fé caldense, em apenas duas horas, despertou o desejo renovado de uma comunidade fortalecida pela oração. “Penso que não ficamos iguais, queremos ser diferentes; ponhamo-nos a caminho, tenhamos a coragem e a alegria de falarmos deste e daquela a Nossa Senhora, pedindo auxilio, porque também nós estamos a viver o momento da cruz dos irmãos”, sublinhou o padre Joaquim com o repto de “sermos todos solidários na presença, nas ações e na oração”.

“Não queremos vaidades, não queremos ser superiores aos outros, não nos queremos pôr em bicos de pés, apenas como Ela, humildade, simplicidade, distinção, e com essa atitude tudo deixa renovado”, manifestou o presbítero, intercedendo a Maria para que “continue a ser aquela que pede por este país, que pede por cada um de nós e que ambos continuemos a ouvir a sua voz”. “Ela é mãe que muito nos ama, amemo-la profundamente”, concluiu.

Em Rio Maior, D. Nuno Brás, recebeu a Imagem Peregrina das mãos do Bispo de Santarém, num acontecimento histórico que uniu as duas dioceses. O Bispo Auxiliar do Patriarcado de Lisboa acompanhou a viagem da Virgem Peregrina desde a Benedita, o primeiro contacto com milhares de fiéis. Ao JORNAL DAS CALDAS, D. Nuno Brás disse que a “feliz coincidência” da visita da Imagem de Fátima à diocese de Lisboa no Ano da Misericórdia, desafia a uma “vivência interior muito intensa” e que “não deixará certamente de chamar a todos à misericórdia, através de realidades muito concretas”. Segundo o prelado, Nossa Senhora continua a ser sempre um sinal de esperança, “porque mostra à humanidade, que com Deus, é possível viver em paz”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Colecionador quer expor arte erótica nas Caldas

Uma exposição de arte erótica do colecionador Paulo Moura, um dos fundadores da Confraria do Príapo, associação criada nas Caldas da Rainha, que esteve patente, de 6 a 21 de julho, em Caria, pode vir a estar exposta nas Caldas, caso a autarquia assim o queira.

exposicaoerotica2

Caldenses fizeram viagem de ida e volta ao Reino Unido de mota

Um casal de caldenses, ambos com 48 anos, percorreu, em junho, 4.500 quilómetros de mota para conhecer o Reino Unido, com paragens na República da Irlanda, antes de seguir para a Irlanda do Norte, Escócia e Inglaterra.

viagemdublin1