Q

Previsão do tempo

16° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 21° C
16° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 21° C
17° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 22° C

Hugo Carvalho vence o Grande Prémio no Centro Equestre Internacional de Alfeizerão

Ana Margarida Vicente
5 de Agosto, 2015
No passado fim de semana realizou-se no Centro Equestre Internacional de Alfeizerão (CEIA) mais um concurso de saltos de obstáculo nacional, desta vez de categoria B. No elenco técnico estiveram presentes como júris João Miguel Palla (presidente) e José Corte Real Santos, e como chefe de pista Pedro Sequeira Faria.
Francisco Vaz Fontes com Uta, o cavaleiro mais novo a participar na prova grande

As provas começaram nos cinquenta centímetros (poule) e acabaram no um metro e trinta. Estiveram presentes cerca de 110 conjuntos, havendo um prize money de 4.200 €.

No sábado o dia começou com a prova de cinquenta centímetros ganha pela cavaleira Carolina Marques montando Oak. De seguida foi a prova de oitenta centímetros ganha por Ana Luisa Jordão Carvalheiro e Tineke. A última prova da poule do dia foi a prova de noventa centímetros ganha por Laura Porsti e Shakira I. A prova de noventa e cinco centímetros foi ganha pelo conjunto João Florêncio e Fenix de Ceia. O conjunto Mariana Rodrigues e Coral Yar ganhou a prova de um metro.

De seguida decorreu a prova de cavalos novos de quatro anos ganha por João janeiro e Laure van de Kakebeek. A prova de um metro e dez foi ganha pelo cavaleiro Filipe Ferreira Gonçalves e a sua montada Emma dos Reis. A prova para cavalos novos de cinco anos foi ganha por Rui Batista e Faultair Famaguda. A de um metro e vinte foi ganha pelo conjunto João Caldeira e a sua montada Espiga do Paço. A prova de cavalos novos de 6 anos foi ganha por Bruno Pereirinha e Edy Berlin Parisol. A última prova do dia foi a de um metro e trinta e foi o conjunto Bruno Pereirinha e Quoi Que que venceu brilhantemente esta fazendo dois zeros.

O segundo dia começou novamente com a prova de cinquenta centímetros ganha novamente pela cavaleira Carolina Marques montando Oak. A prova de oitenta foi ganha pelo conjunto Marta Eduardo e Clamor. A de noventa centímetros foi Ana Luisa Jordão Carvalheiro e Tineke quem venceu. De seguida realizou-se a prova de noventa e cinco centímetros ganha por Francisco Costa Lopes com o cavalo Beethoven das Gaiolas. A prova de um metro foi ganha por Tito Gonzalez Araujo com a sua montada Carine B. A prova de cavalos novos de quatro anos foi ganha pelo cavaleiro João janeiro, que concorreu com duas montadas, tendo feito oito pontos com cada. A quinta prova do dia foi a prova de um metro e dez ganha pelo conjunto Pedro Manso e Hidalgo. A prova para cavalos novos de 5 anos foi ganha por Filipa Velloso e Caipiroska Z.

A tarde começou com a prova de um metro e vinte ganha pelo cavaleiro Hugo Carvalho com a sua montada Sartre, ficando também em segundo lugar com o cavalo Lucky Lord. A prova de seis anos foi ganha por Bruno Pereirinha e Edy Berlin Parisol.

A última prova do fim de semana foi o Grande Prémio, com obstáculos de um metro e trinta e cinco. Participaram 17 conjuntos, tendo passado à segunda fase com zero pontos sete conjuntos, dos quais apenas quatro conseguiram acabar a prova sem qualquer penalização. O grande vencedor foi o cavaleiro Hugo Carvalho, desta vez com a sua égua Zaphira Equigenne, ficando também em segundo lugar com o seu cavalo Tsar d’Audouville.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Deco Ribatejo e Oeste já é um centro Eusoudigital

A Deco (associação de defesa do consumidor) aceitou o convite do programa Eusoudigital e promove a capacitação dos consumidores da região Ribatejo e Oeste para a transição digital.

deco

VASP desrespeita decisão do tribunal e continua a cobrar taxas aos seus agentes

A Associação Nacional de Vendedores de Imprensa (ANVI) vem divulgar o desrespeito total da VASP - Distribuidora de Publicações, SA, ao cumprimento das ordens do tribunal, providência cautelar de 9 de julho de 2021 e despacho do dia 9 de setembro de 2021, que suspendeu a taxa diária de distribuição.