Q

Previsão do tempo

9° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 13° C
9° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 13° C
8° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 13° C

Estudantes da ESAD.CR conquistam “Prémio Nacional de Indústrias Criativas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Três estudantes da Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha (ESAD.CR) conquistaram o Prémio Nacional de Indústrias Criativas – Fundação de Serralves 2015, na categoria “Arquitetura e artes visuais”.
Produto “Stallo”

Trata-se de um grupo de três jovens italianos, Lorenzo Scodeller, Mirko Pierini e Paolo Martini, que estão a frequentar o mestrado em Design de Produto da ESAD.CR, e que têm vindo a desenvolver projetos como coletivo com o nome “Os Italianos Design”, que desenvolveram um novo produto através de um sistema de reaproveitamento de garrafas de vidro, combinada com peças de cerâmica.

A este novo produto chamaram “Stallo”: «Um copo para água, feito a partir da parte de baixo da garrafa e um cálice, composto por um pedestal – uma base em cerâmica vidrada -, e a parte superior da garrafa», explica o coletivo “Os Italianos Design”. As peças são realizadas com garrafas de vidro usadas, cortadas e limpas. «Trata-se de um produto feito completamente em Portugal, sendo que também as garrafas aproveitadas são portuguesas», referem os designers.

Os projetos do coletivo primam por desenvolver produtos de ecodesign, ancorados numa filosofia de sustentabilidade ambiental, em simbiose com a tradição artesanal e industrial local.

«As ideias surgem da análise e reflexão do comportamento quotidiano das pessoas, dos materiais que utilizamos e resíduos que geramos, preconizando o reaproveitamento de um produto que já não teria utilidade, a não ser para reciclagem – seria um resíduo», sublinham. É um projeto também regional, na medida em que o grupo de estudantes colabora com artesãos portugueses das Caldas da Rainha, na área da cerâmica, e da Marinha Grande, no que toca ao vidro. A técnica utilizada para alcançar o produto final é totalmente manual e desenvolvida num sistema de autoprodução que é valorizado pelo coletivo.

«Queremos mostrar ao público em geral que qualquer material pode ser reutilizável. No caso, conseguimos alcançar novos produtos, de um modo criativo e original, e mostramos que o processamento manual da cerâmica e do vidro pode ter um aspeto moderno e interessante. É possível voltar a dar valor aos materiais e criar algo novo, mudar para melhor o que já existe, e neste caso, acaba por ser um produto ecológico, feito com materiais tradicionais, e com um design moderno», manifesta o coletivo.

Como explicam os mestrandos, “Os Italianos Design” tem vindo a trabalhar «promovendo materiais vistos como resíduos, num processo de upcycle, transformando embalagens e materiais usados e sem funcionalidade em novos objetos, através de processos de produção mais sustentáveis (até do que a reciclagem), da colaboração com os artesãos e as indústrias tradicionais».

Os copos do projeto “Stallo” têm ainda a particularidade de ser totalmente personalizáveis, uma vez que o comprador pode escolher a cor e a forma da cerâmica, assim como as garrafas. Além disso, sendo as peças amovíveis, se o comprador tiver vários copos, pode fazer diversos conjuntos, trocando as bases de diferentes cores e criando assim uma ligação única.

Para Rodrigo Silva, diretor da ESAD.CR, esta distinção, que é «o mais importante prémio nacional na área das indústrias criativas», é o reconhecimento de que os cursos da escola «continuam a formar artistas e designers muito singulares, com formas surpreendentes de olhar e pensar o mundo contemporâneo, colocando no seu centro preocupações com a sustentabilidade ambiental e com responsabilidade social, combinando tecnologia com emoção, e interrogando as grandes perplexidades e contradições do universo material da sociedade de consumo».

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

PSP combate criminalidade em bares e ruas no centro das Caldas

Uma operação desenvolvida pela PSP das Caldas da Rainha na noite da passada sexta-feira e madrugada de sábado, tendo como alvo bares no centro da cidade e ruas nas proximidades, com o objetivo de “prevenir a criminalidade violenta e grave ou organizada e aumentar o sentimento de segurança na população”, originou a detenção de quatro homens, com idades entre 21 e 28 anos, pelos crimes de tráfico de droga, posse de arma proibida e condução em estado de embriaguez.

psp1

Lions formaliza entrega de verba de espetáculo solidário

O Lions Clube das Caldas da Rainha fez no passado dia 30 uma entrega formal ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) da verba apurada no concerto solidário com o maestro e pianista António Victorino d’Almeida e trio de Pedro Caldeira Cabral....

lions

Desfile equestre apresentou reis do carnaval das Caldas

Luís Ventura, de 47 anos, e Mariana Mortágua, de 22 anos, foram escolhidos para serem os reis do carnaval das Caldas da Rainha, encarnando as personagens Zé Povinho e Maria da Paciência, respetivamente, criações de Rafael Bordalo Pinheiro como caricaturas do povo português.

reis00