Q

Previsão do tempo

15° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 19° C
16° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 19° C
16° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 20° C

Paisagem Protegida da Serra de Montejunto sob perigo

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Serra de Montejunto é paisagem protegida há 16 anos, mas a Alambi - Associação para o Estudo e Defesa do Ambiente do Concelho de Alenquer, lamenta que não haja ainda um plano de ordenamento.
Associação ambientalista tem chamado a atenção para ameaças à paisagem

“A situação arrastou-se nos primeiros dez anos, sem que houvesse um funcionamento efetivo da paisagem protegida, planeamento, quadro de pessoal, um orçamento, ou quaisquer sinais de que beneficiasse de qualquer estatuto de proteção. Por fim, foi nomeado um técnico do Instituto de Conservação da Natureza (ICN) para coordenar a elaboração de um Plano de Ordenamento e Gestão e os trabalhos tiveram início. Inexplicavelmente, o trabalho que estava a ser elaborado foi abandonado e foi contratado um gabinete privado para elaborar um Plano de Ordenamento. Foram realizados estudos de campo, elaboradas centenas de páginas de relatórios e de cartografia, foram cumpridos os procedimentos legais de consulta pública, até que, finalmente, em 2011, o Plano foi concluído e entregue ao Secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa, para aprovação. E o mesmo Secretário de Estado que encomendou a trabalho, foi-se embora sem o aprovar, quando este já estava na sua secretária”, reata a Alambi.

“É agora lançada a elaboração de um Plano de Gestão, dirigido pelo ICN, com a participação de entidades locais, que constitui a terceira tentativa em dezasseis anos de elaborar um Plano para Montejunto, com a particularidade de se estar a fazer tábua rasa de toda a documentação anterior”, refere a associação.

Apesar de tudo, a Alambi frisa que “concordamos com a necessidade de um plano que defina medidas ativas de gestão, que as planifique e calendarize, que defina condicionantes à utilização da Serra, e que tenha uma aplicação efetiva”. “Que não seja por falta de Planos que a Paisagem Protegida da Serra de Montejunto fique à mercê dos eucaliptos, das acácias, do fogo e dos desportos motorizados”, indica.

“O fogo constitui na verdade uma das ameaças mais graves a Montejunto. A Serra teve um grande incêndio na década de 80, e outro em 2003, no qual ardeu cerca de metade da Paisagem Protegida, e, com grandes fogos a ocorrerem em períodos de 20 anos, nunca será possível reconstituir os bosques autóctones, pelo que os habitats estarão sempre a viver em condições de stress. Nesta perspetiva assume grande importância a prevenção de incêndios, para a qual não bastam os desmatamentos ocasionais junto a certas vias de acesso, mas interessa também a preservação do mosaico, nomeadamente das pequenas parcelas agrícolas que têm vindo a ser impunemente ocupadas por eucaliptos, e dos prados”, sustenta a Alambi.

A Paisagem Protegida da Serra de Montejunto enfrenta outras ameaças, uma das quais é a invasão por acácias, uma espécie exótica. A área ocupada por esta espécie é estimada em 7,7 ha, cerca de metade da área de carvalhais. “Considerando tratar-se de uma espécie que chegou à Serra de forma espontânea e que apresenta grande capacidade de expansão, se não forem tomadas medidas urgentes para o seu controlo e erradicação, poderá ser criado um problema grave, como aconteceu noutras regiões do país”, faz notar a Alambi.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Innovation Makers finalista dos Prémios Heróis Pme

A Yunit Consulting, consultora portuguesa que tem como missão “fazer grandes as PME”, divulgou as empresas finalistas da 6ª edição dos Prémios Heróis PME, eleitas por votação do público.

Janela Digital distinguida

Pelo segundo ano consecutivo, a empresa Janela Digital, sediada no Parque Tecnológico de Óbidos e dedicada a soluções tecnológicas para o mercado imobiliário, foi distinguida na categoria de comunicação com o Estatuto Inovadora COTEC 2024.

Evento solidário com o Brasil

O evento solidário Arraiá Brasil, em prol das vítimas de inundações de Rio Grande do Sul, vai ter lugar no dia 6 de julho, às 18h00, na associação Areco, no Coto.

arraial