Q

Previsão do tempo

24° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 19° C
24° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 19° C
24° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 20° C

Funcionário de banco nas Caldas desviou 200 mil euros

Francisco Gomes
19 de Maio, 2015
O funcionário de um banco nas Caldas da Rainha foi detido na semana passada pela Polícia Judiciária por suspeitas de se apoderar de dinheiro das contas de clientes que geria, desviando cerca de 200 mil euros.

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, anunciou que o homem, com 30 anos, “exercia funções de gestor de conta em delegação de instituição bancária”, que não especifica qual, mas segundo o jornal Correio da Manhã trata-se do extinto Banco Espírito Santo. “Procedeu a movimentações a débito sem conhecimento nem autorização dos titulares das contas, no período compreendido entre o final dos meses de março e de abril do ano passado”. As quantias eram “depositadas noutras contas bancárias, tituladas por terceiros das suas relações próximas, para dissimulação da origem ilícita das vantagens obtidas”. Essas pessoas, da sua confiança, entregavam-lhe depois o dinheiro.

Mediante tal conduta o suspeito “obteve enriquecimento ilegítimo de valor consideravelmente elevado”, mas os clientes não foram lesados porque o prejuízo foi assegurado pela entidade bancária, que descobriu a prática ilícita e que “ressarciu os clientes no montante global de aproximadamente 200 mil euros”.

A descoberta da ocorrência aconteceu quando alguns dos clientes de cujas contas foi retirado dinheiro se queixaram ao gestor e este, para esconder o que tinha feito, inventou uma desculpa e foi retirar cerca de 200 mil euros de uma só conta para cobrir o desfalque. Só que a movimentação de uma quantia tão elevada de um só cliente chamou a atenção da administração, que mandou investigar o caso.

O funcionário, alvo de processo disciplinar que culminou em despedimento, foi presente a tribunal por presumível autoria dos crimes de burla qualificada e de branqueamento, ficando em liberdade enquanto decorre o processo, com a medida de coação de termo de identidade e residência.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Pimpões Triatlo no Aquatlo Jovem da Amadora

O Aquatlo Jovem da Amadora, prova que contou para o campeonato regional da modalidade, disputou-se na piscina da Reboleira e avenidas envolventes ao estádio da Amadora, no passado dia 5, tendo contado com a participação da equipa dos Pimpões Triatlo, das Caldas da Rainha.

amadora

Workshop no Paul de Tornada

Realiza-se no dia 23 de outubro um workshop com saída de campo sobre aves, répteis e anfíbios do Paul de Tornada.