Q

Previsão do tempo

16° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 25° C
16° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 27° C
17° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 31° C

Gastronomia alemã na Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A gastronomia da Alemanha foi o tema de mais um almoço temático da iniciativa “Sabores do Mundo” da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO), nas Caldas da Rainha. A degustação mostrou alguns dos sabores tradicionais deste país que muitas vezes são pouco conhecidos. A tradição de sua culinária é caracterizada por sabores fortes e é bastante diversificada. O processamento das carnes e das salsichas é muito popular em todo o território. No bar da entrada para o restaurante os alunos serviam cerveja alemã e um cocktail de morango para quem preferia sem álcool. Já no restaurante de aplicação da escola, o ambiente era recriado com informação sobre Alemanha. Para quem não conhecia, ficou a saber que “Oktoberfest” é um festival de cerveja e uma feira de produtos e diversões celebrada originalmente em Munique, no estado da Baviera no sul da Alemanha. Este evento tem a duração de duas semanas e termina no primeiro domingo de outubro, daí o nome “Oktoberfest” (festa de outubro).
Uma viagem aos sabores da Alemanha

A entrada servida foi Rollmops, peixe arenque enrolado com cebola e/ou pepino e curtido em vinagre. Seguiu-se “Finkenwerder Maischollen”, solha frita à moda de Finkenwerde.

Pernil de porco cozido (com batata e couve) foi o prato de carne.

A ementa fechou com a tarte de cerejas floresta negra (schwarzwalder kirschtorte).

A ementa foi criada pelo chefe Luís Tarenta, em conjunto com os alunos de Cozinha e Pastelaria, e servida pelos jovens do curso de Restauração e Bebidas. “Foi uma ementa executada para conhecer algumas tradições gastronómicas da Alemanha que não são muito conhecidas”, disse Luís Tarenta, acrescentando que “a inspiração foi ir às raízes dos pratos típicos alemães”.

Revelou que começaram pelo arenque, um peixe da zona mais fria da Alemanha. “É um prato tradicional daquele país à base de marinada. Não há confeções com calor. O arenque é marinado em vinagres, sumo de limão, com vários aromas e o zimbro”, explicou.

Segundo Luís Tarenta, o pernil foi mesmo feito de forma típica. “É normalmente servido com o chucrute (em alemão: Sauerkraut). É uma conserva de repolho fermentado e além disso leva as salsichas, que omitimos, porque não conseguimos fazer nem arranjar”, apontou o formador.

Para este chefe o desafio foi “a entrada, porque foi toda feita na escola com os pickles e também porque os alunos estavam renitentes em servir peixe cru”.

Confraria “Os Comilões de Óbidos”,

Este almoço temático contou com a presença dos 12 elementos da Confraria “Os Comilões de Óbidos”, que têm em comum apreciar a boa gastronomia. A maioria dos confrades está ligada à indústria hoteleira. Bruno Nobre, secretário da Confraria dos Comilões, deu uma nota positiva ao almoço. Os membros não sabiam qual era a ementa e tiveram uma surpresa agradável. O que gostou mais foi o pernil e o arenque.

O diretor da EHTO, Daniel Pinto, que faz parte desta Confraria, decidiu reunir os confrades com o objetivo de verem as fotografias do passeio anual de janeiro que este ano teve lugar em Vila Viçosa. Daniel Pinto recordou que foi Luís Garcia, do Turismo Centro de Portugal (Turismo do Oeste) que o convidou para se juntar a este grupo de confrades. Luís Garcia não pôde estar presente por problemas de saúde e quis o diretor da Escola que este almoço fosse de homenagem a este confrade que continua a lutar contra a doença.

A confraria nasceu a propósito de uma antiga tradição de Bruno Nobre (um “comilão” daquela região) que anualmente organizava um repasto para o Norte de Portugal, com alguns amigos. Em 2006 Luís Garcia foi um dos convidados e achou a experiência tão interessante pelo convívio e visitas culturais que sempre complementam a viagem, que sugeriu a constituição de uma confraria, com atas das deslocações, estatutos e traje a condizer.

Marlene Sousa

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Candidata da Iniciativa Liberal em piquenique no Parque D. Carlos I

Ana Martins, candidata da Iniciativa Liberal (IL) às eleições europeias, participou num piquenique no Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha, onde manifestou que o país “podia ter feito muito mais com os fundos europeus que recebeu”.

Iniciativa Liberal 1

Composição de dança ganhou o 1º prémio do “Toma Lá Talento”

Martim Codinha, aluno no Colégio Rainha D. Leonor, conquistou o 1º lugar na final concelhia do concurso "Toma Lá Talento” com uma composição de dança.
O 2º lugar foi para Martim Marques, da Escola Secundária Rafael Bordalo, no domínio da guitarra.
A 3ª classificação foi para a dupla Marie e Anne, também da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, com cântico e guitarra.

talento 1